SER humano

Esta semana “crashei”.

Comecei a entrar em rotura interior comigo mesma. A embirrar com tudo o que me aparecia pela frente. Até o som do teclado (!!!) do meu marido, que está em teletrabalho, estava a ter em mim o mesmo impacto que um martelo hidráulico produz numa obra vizinha.

Saí. Tive de sair de casa para arejar as ideias.

Não fui a pé. Peguei no carro. Primeiro porque precisava de me sentir confortável, como num casulo e segundo, a ideia de apanhar chuva ou frio, não estava contemplada nas minhas necessidades. Se bem que goste de caminhar à chuva…! Mas precisava de estar comigo, a sós.

Conduzir acalma-me. Entro num estado meditativo que me proporciona clareza, e por vezes acontece-me canalizar informação, ideias que precisam vir à luz.

Mas acima de tudo, quando estou saturada de energia densa, preciso de ver o mar. Ver um espaço amplo e sem limites.

Tenho dias em que este confinamento faz-me sentir como um leão enjaulado. Nada me satisfaz e tudo me incomoda. Já alguma vez te sentiste assim?..

Este sentimento de “enjaulada” ajuda-me a fazer trabalho interior de auto-observação e a perceber, o que tenho de mudar em mim.

Continue reading “SER humano”

As cascas da cebola

O tema deste post anda às voltas com a cebola. E o que vamos fazer com esta cebola? Curios@? Vem, acompanha-me!

A cebola é daquelas plantas hortícolas de aspecto redondinho, com uma cor que varia desde o alaranjado até ao roxo. Por fora está cheia de várias camadas de cascas, umas grossas, outras mais finas e lá dentro a sua cor é branca ou arroxeada, dependendo da qualidade.

Já experimentaste descascar uma cebola? Acredito que sim. E que tal foi a sensação? Pouco agradável, não é? Há umas que são mais tranquilas de descascar, mas a grande maioria requer alguma perícia para retirar as cascas sem danificar a cebola. Durante este processo, o efeito em nós vai desde umas lágrimas suaves, ao pingo que teima em cair do nariz sem parar e por vezes chega a gerar umas lágrimas tão intensas que nos deixam sem ver nada. Tudo isto, para podermos desfrutar das suas várias formas de ser degustada. Sim, é que apesar de haver quem diga que não gosta de cebola, a verdade é que ela traz um sabor especial aos alimentos onde é adicionada.

Sou uma cebola!…

Continue reading “As cascas da cebola”