Mas afinal, o que é voltar à normalidade?

Bom dia com Alegria!

Estamos em pleno verão, o tempo está óptimo e muitos estão de férias, ou quase a ir. Nós cá em casa, decidimos mais uma vez ir de férias mais tarde. Gostamos de fugir das “confusões”, sempre que podemos.

Mas este ano, o factor férias foi um pouco condicionado com todas as adaptações resultantes dos efeitos do vírus nas nossas vidas. Há quem nem sequer vá de férias. Há quem tenha visto a sua vida virada completamente do avesso, sem saber bem o que fazer, ou como gerir a situação em que se encontra. Mas também há, quem se tenha (re)descoberto e aproveitado a situação para mudar de vida, ou de trabalho.

Há ainda o rótulo, ou a expressão “voltar à normalidade”, que muito tenho ouvido por aí, associada à grande vontade de voltar à normalidade.

Mas afinal, o que é voltar à normalidade?

E eu pergunto-me, o que é a normalidade? Será que isso alguma vez existiu?… Há dias em que me questiono, e requestiono (não sei se esta palavra existe, mas avancemos) sobre o que estamos a viver. E questiono-me se as pessoas saberão realmente, o que estamos a viver neste momento.

Fazer um flashback, ajuda-nos a entendermos melhor o que estamos a processar e perceber qual é a próxima direcção a seguir.

Continue reading “Mas afinal, o que é voltar à normalidade?”

Dar o melhor de mim

Na semana passada partilhei contigo a minha visão sobre a mensagem do universo, contida no incêndio da Notre Dame em Paris. E após ter escrito esse texto, comecei a reparar em várias publicações nas redes sociais, sobre a ajuda financeira que estava a ser disponibilizada para a recuperação da catedral, em comparação com a ajuda que Moçambique poderia estar a não receber, face a “não ter uma catedral”.

Moçambique foi alvo de uma tragédia enorme, com imensas complicações após o ciclone “Idai”. É algo tão vasto que me sinto impotente, para conseguir assimilar a totalidade da situação. Como é possível que o universo tenha tal poder, para destruir desta forma?…

Se com o incêndio em Paris senti que há uma mensagem de regeneração de mentalidades, em Moçambique com a destruição do ciclone, a mensagem maior que o universo nos pode transmitir, é a de que agora, mais do que nunca, este é o momento Continue reading “Dar o melhor de mim”