Fertilizar com a Lua Nova

Bom dia com Alegria!

Agora que a Lua Nova está quase a chegar (22 de maio), e com ela mais um novo ciclo se inicia, é tempo de começarmos a preparar novas energias.

Antigamente, os ciclos lunares eram a fonte de orientação para muitas culturas. Consoante a fase lunar presente, assim se procedia com as colheitas e com os rituais de vida. Ainda hoje, na China, o ano novo celebra-se com a chegada da primeira lua nova do ano.

Se observares, as fases lunares têm um movimento energético muito interessante. Inicia-se sem luz e “vazia” na lua nova, depois entra em fase crescente (quarto crescente) até atingir o seu apogeu de luz com a lua cheia, entrando de seguida numa fase decrescente (quarto minguante), reduzindo a sua luz, até que retorna a ponto inicial, para recomeçar tudo de novo.

Nós podemos usar esta onda energética, para nos auxiliar a tecer energias e dar vida a objectivos, projectos e programar eventos que queremos realizar, facilitando o seu desenvolvimento. Continue reading “Fertilizar com a Lua Nova”

O amor em mim

Olá, bem-vind@!

Hoje vou falar-te de amor, aproveitando a onda das comemorações do São Valentim.

É bom celebrar o amor!

O amor deve ser celebrado todos os dias e não num só determinado dia, porque o calendário comercial assim o diz.

Se o Dia de São Valentim é um lembrete para nos chamar a atenção da celebração do amor, maravilha! Mas então, que esse lembrete seja válido e esteja bem desperto ao longo de todo o ano.

Tudo gira em torno do amor. Sabias?

Provavelmente sim, até já sabias. Mas sabias que o amor gere o nosso sistema imunitário? Sim, bem junto ao nosso coração está Continue reading “O amor em mim”

Num jardim perto de ti

Dia 20 deste mês (Março) a Primavera reentrou no hemisfério Norte, trazendo novas energias, novas esperanças, mais vitalidade. Traz também a vontade de estar mais tempo na rua, de caminhar ao ar livre e o tempo ameno convida a satisfazer este pedido interno que começa a surgir em muitos de nós.

A natureza faz parte de nós, mas para quem vive na cidade esta ligação é muitas vezes esquecida. O tempo dedicado às actividades indoor é demasiado elevado, contribuindo para o aumento dos baixos níveis de energia, de baixa-imunidade, da sensação de falta de energia/motivação Continue reading “Num jardim perto de ti”