Mas afinal, o que é voltar à normalidade?

Bom dia com Alegria!

Estamos em pleno verão, o tempo está óptimo e muitos estão de férias, ou quase a ir. Nós cá em casa, decidimos mais uma vez ir de férias mais tarde. Gostamos de fugir das “confusões”, sempre que podemos.

Mas este ano, o factor férias foi um pouco condicionado com todas as adaptações resultantes dos efeitos do vírus nas nossas vidas. Há quem nem sequer vá de férias. Há quem tenha visto a sua vida virada completamente do avesso, sem saber bem o que fazer, ou como gerir a situação em que se encontra. Mas também há, quem se tenha (re)descoberto e aproveitado a situação para mudar de vida, ou de trabalho.

Há ainda o rótulo, ou a expressão “voltar à normalidade”, que muito tenho ouvido por aí, associada à grande vontade de voltar à normalidade.

Mas afinal, o que é voltar à normalidade?

E eu pergunto-me, o que é a normalidade? Será que isso alguma vez existiu?… Há dias em que me questiono, e requestiono (não sei se esta palavra existe, mas avancemos) sobre o que estamos a viver. E questiono-me se as pessoas saberão realmente, o que estamos a viver neste momento.

Fazer um flashback, ajuda-nos a entendermos melhor o que estamos a processar e perceber qual é a próxima direcção a seguir.

Continue reading “Mas afinal, o que é voltar à normalidade?”

Na teia

Estava eu parada num semáforo a observar uns melros que se deliciavam numas ervas cortadas recentemente, e a dissertar mentalmente sobre as maravilhas da primavera, quando me “caiu a ficha” …. Eles estão a comer os pobres bichitos que ficaram à descoberta, após terem perdido o seu habitat de protecção!!! A primeira sensação foi de tristeza…, mas depois lembrei-me… a vida é assim mesmo, umas vezes comemos nós, outras… “caput”… deixamo-nos comer.

Com a navegação na internet passa-se a mesma coisa. É uma teia imensa na world wide web, onde o conteúdo à disposição é tão vasto, e onde é fácil perdermo-nos.

Já te aconteceu alguma vez, iniciares uma busca e acabares noutra completamente diferente? Ou eventualmente, dedicares um pequeno momento da tua pausa, ou do teu fim de dia à pesquisa de algo, que até era uma pesquisa rápida e simples, mas quando te dás conta, o tempo voou e é tardíssimo? Eu faço check nas duas Continue reading “Na teia”