Como co.criares a tua realidade com a Linguagem de Luz, através da criação de mapas com cores e formas geométricas

Bom dia com Alegria!

Desde criança que recordo sentir-me atraída por uma cor especial, em determinados períodos da vida. E essa cor eleita, fazia parte de um leque imenso de objectos e pertences, escolhidos casualmente, ou com plena consciência da presença dessa cor, neles.

Em 2012, descobri com a Linguagem de Luz que as cores são muito mais do que partes de um espectro de luz, que escolhemos consciente, ou inconscientemente para fazerem parte da nossa vida. No último post partilhei contigo as energias que as cores possuem, e como elas nos podem ajudar a melhorar o nosso dia a dia.

Hoje, vamos navegar um pouco mais fundo, pois vou dar-te a conhecer a Linguagem de Luz sob a perspectiva dos Curanderos de Vera Cruz, no México, e como ela te pode ajudar a criar e a construir conscientemente a tua realidade. Com a Linguagem de Luz, as formas geométricas (sólidos) em conjunto com cores específicas, unem-se para criar uma onda energética, emanando vibrações muito especiais.

Como co.criares a tua realidade com a Linguagem de Luz, através da criação de mapas com cores e formas geométricas

A vida está repleta de formas geométricas e cores. Tudo à nossa volta, contém uma geometria especifica. Tudo à nossa volta tem cor.

Aprendi através da Linhagem dos Curanderos de Vera Cruz, que podemos usar os sólidos e a geometria sagrada, em conjunto com cores escolhidas de acordo com uma intenção especial, para criar mapas que permitem a nossa transformação, suportando os ajustes necessários para que ela se manifeste.

Continue reading “Como co.criares a tua realidade com a Linguagem de Luz, através da criação de mapas com cores e formas geométricas”

Fertilizar com a Lua Nova

Bom dia com Alegria!

Agora que a Lua Nova está quase a chegar (22 de maio), e com ela mais um novo ciclo se inicia, é tempo de começarmos a preparar novas energias.

Antigamente, os ciclos lunares eram a fonte de orientação para muitas culturas. Consoante a fase lunar presente, assim se procedia com as colheitas e com os rituais de vida. Ainda hoje, na China, o ano novo celebra-se com a chegada da primeira lua nova do ano.

Se observares, as fases lunares têm um movimento energético muito interessante. Inicia-se sem luz e “vazia” na lua nova, depois entra em fase crescente (quarto crescente) até atingir o seu apogeu de luz com a lua cheia, entrando de seguida numa fase decrescente (quarto minguante), reduzindo a sua luz, até que retorna a ponto inicial, para recomeçar tudo de novo.

Nós podemos usar esta onda energética, para nos auxiliar a tecer energias e dar vida a objectivos, projectos e programar eventos que queremos realizar, facilitando o seu desenvolvimento. Continue reading “Fertilizar com a Lua Nova”

Sonhar e concretizar

Olá, bem-vind@ novamente!

Fico muito feliz e agradecida por te sentir desse lado, a leres-me.

Para quem me acompanha no Instagram, já deve ter percebido que estou em viagem. Sim! Estou novamente na Tailândia!

Gostámos tanto da Tailândia, que eu e o meu marido resolvemos voltar outra vez, para repetir e aprofundar Banguecoque e conhecer outros locais neste país de uma cultura riquíssima. E se da primeira vez, trouxe o meu marido quase a “reboque”, desta vez, foi ele que quis vir – claro que eu dei um jeitinho 🙂

Por ser um país tão longínquo de Lisboa, com tantas horas de voo pelo meio, pode parecer algo difícil de se alcançar. Seja financeiramente, socialmente, pessoalmente. Muitas coisas “mente”. E é isso mesmo, uma coisa da mente, da nossa mente!

A mente é aquela que consegue bloquear imensa coisa na nossa vida, e distorcer a realidade. Mas quando queremos com todo o nosso coração, tudo se transforma, tudo se desbloqueia. Continue reading “Sonhar e concretizar”

Rituais e práticas holísticas #2

Como referi no post anterior, vou continuar a partilhar contigo alguns dos meus rituais e práticas holísticas.

Quando falo em práticas holísticas, refiro-me a acções cuja intenção é a de beneficiar o corpo todo como um só elemento indissociável, honrando todos os sistemas que dele fazem parte, tendo como objectivo principal obter o bem-estar e equilíbrio.

Cristais na água

Tenho sempre comigo uma garrafa de água para ir bebendo ao longo do dia. Normalmente é uma garrafa com 0,50 l, que encho por 3 vezes com água e que perfaz o 1,5 l que devemos beber por dia.

Já tive uma garrafa de vidro reaproveitada de uma embalagem de polpa de tomate, mas que num acidente doméstico Continue reading “Rituais e práticas holísticas #2”

Rituais e práticas holísticas

Hoje vou falar-te de alguns dos meus rituais e práticas holísticas.

São acções com intenções específicas, nas quais coloco as bênçãos que me dão apoio, nutrem e me ajudam a manter o equilíbrio. Umas são diárias, outras mensais, anuais, ou sempre que necessito trazer uma nova energia à minha vida. Umas são muito simples, outras mais elaboradas. E como em qualquer prática holística, elas visam o bem-estar geral do ser humano como um todo.

Mas há uns ingredientes que todas têm em comum: uma excelente dose de amor, muita gratidão e claro a mais bela das magias de luz.

Estes rituais, ou práticas, se assim lhes preferires chamar, ajudam-nos a ficar mais conectados com a vida, e com tudo o que nos rodeia num livre fluxo de comunicação entre os mundos de energias espirituais, emocionais e físicas. Quando estamos mais alinhados e em equilíbrio, conseguimos manifestar com consciência aquilo que desejamos e necessitamos Continue reading “Rituais e práticas holísticas”

Concluir e avançar

Com o aproximar do final do ano, temos tendência a olhar para trás e fazermos uma espécie de balanço sobre o que desejávamos obter, o que conseguimos atingir e o que não foi concluído, para depois lançarmos sementes para o próximo ano. Mas este final de ano é ainda mais especial para esta prática, pois é o final de uma década.

Durante 10 anos, muita coisa muda. Mudamos nós, muda a nossa energia, muda o mundo à nossa volta. Aquele que éramos há dez anos atrás, poderá ser tão diferente daquele que somos agora, que ter dificuldade em reconhecermo-nos, é perfeitamente normal.

Uma década de mudanças

Continue reading “Concluir e avançar”