O dia em que fiz as pazes com Deus

Fui educada na religião católica. Batizada, primeira comunhão, crisma…. percorri, por assim dizer o percurso todo. O meu pai, foi educado num convento. Ali estudou até à idade adulta, mas tirando o meu casamento, não me lembro de o ver a frequentar a igreja (o que sempre me espantou, mas no entanto, nunca me contou a razão).

Cresci a pensar que tínhamos de ser muito bons, senão Deus castigava e íamos para o inferno. Na catequese, foi-me ensinado que era necessário haver a prática de confessar regularmente os meus pecados a um padre, para me purificar. Lembro-me de em vésperas de festividades, sempre que havia o tal momento da confissão, ter imensa dificuldade em enumerar os meus pecados. Pensando bem… qual será a criança que tem assim pecados para confessar?…

Ao crescer, comecei a perceber que as pessoas que iam à missa e que tinham um comportamento exemplar na igreja, cá fora nem sempre se passava o mesmo. Lembro-me inclusive de assistir a atitudes de julgamento e desrespeito por um ser humano, geradas pelo próprio padre em plena celebração da missa.

Zanguei-me com o padre. Zanguei-me com a igreja. Estava na adolescência e deixei de ir à missa. Voltei uns anos mais tarde, pelas mãos de amigos que pertenciam ao grupo de jovens da igreja, com a promessa de que o novo padre era fixe. Cheguei a cantar no coro da igreja. Mas o tal bichinho que se revolvia com algumas situações, ainda estava dentro de mim e causava-me comichões.

Casei pela igreja, eduquei os meus 3 filhos mais velhos na religião cristã. Ia à missa e até consegui convencer o meu marido a ir também (coisa que não fazia desde a infância). Mas houve um dia, em que me cansei de ouvir sempre o mesmo nas homilias: que nunca somos bons o suficiente; que Deus castiga; que o inferno e o purgatório são uma coisa horrível para quem não cumpre as regras (da igreja).

Zanguei-me de vez. Deixei de ir à missa. Zanguei-me com Deus por permitir que dentro da sua igreja houvesse pessoas que fazem mal a outras. Zanguei-me com Deus por julgar e punir. Que Deus mau é este? Não quero isto para mim, disse eu na altura.

Dentro de mim sempre houve algo que me dizia, que não podia ser assim tão mau, aquilo que a igreja me transmitiu. Que essa coisa da serpente, da culpada da Eva por ter dado ao Adão a maçã do paraíso, e da sentença do “parirás com dor”, era demasiado violenta e corrosiva.

Continue reading “O dia em que fiz as pazes com Deus”

1º Nível de Reiki – Iniciação “O Despertar” (14 Abril 2019)

Este é um workshop de Iniciação ao 1º Nível de Reiki Tradicional Tibetano, o Shoden, ou “O Despertar”.

É talvez o mais importante deles todos, pois é aqui que o teu novo Eu desperta para uma nova consciência de vida, plena de possibilidades através da cura natural. Esta é a base que irá servir de suporte ao teu crescimento, através da energia Reiki.

Data: 14 de Abril 2019 (domingo)

das 10h00 às 19h00, em Lisboa

A quem se destina:

Qualquer pessoa pode praticar. Basta desejá-lo. Desde crianças a adultos, não há limite de idade. O Reiki está disponível para todos.

Quais os benefícios:

  • Repõe e/ou equilibra a energia vital;
  • Acalma e promove um maior bem-estar físico e emocional;
  • Alivia tensões e é excelente na gestão de stress;
  • Liberta e cura dores físicas;
  • Auxilia na recuperação de traumas físicos ou emocionais;
  • Excelente na recuperação pós-cirúrgica;
  • Desenvolve maior concentração nos estudos/exames;
  • Grande suporte emocional para dietas ou libertação de vícios.

Com a prática do Reiki vais perceber que ao descontraíres a tua mente, todo o teu corpo vai adoptar uma postura mais suave que se traduz num maior bem-estar a todos os níveis.

O que vais receber neste workshop:

  • História do Reiki e como surgiu;
  • Bases energéticas do corpo humano;
  • Noções básicas de Chakras;
  • 5 Princípios de vivência para suporte diário;
  • Perceber o corpo como um todo;
  • Meditação para libertar e tranquilizar;
  • Técnicas de Reiki para prática pessoal e aos outros;
  • Base para uma boa conduta da prática de Reiki com excelentes resultados e profissionalismo;
  • Música para pratica pessoal;
  • Diploma;
  • Acompanhamento pós-formação via Watsapp/E-mail.

O Reiki é um método de cura e de prevenção de doenças ao qual cada vez mais profissionais de saúde recorrem e recomendam a sua prática em todo o mundo.

Para saberes mais sobre o que é o Reiki, lê este post que publiquei recentemente.

Segue o evento no Facebook e mantém-te actualizad@

★ ★ Investimento: 81€

Faz a tua inscrição (ou pede mais informações) enviando-me uma mensagem.
Até breve!