Feridas do passado, como as curares e como libertares-te delas amando as cicatrizes

Bom dia com Alegria!

Em cada terapia de Reiki que faço, mesmo na minha prática pessoal, coloco sempre uma intenção no início da mesma. É assim como uma ligação criada com um tema preciso, que vai suportar e facilitar o fluir da energia numa determinada direcção e com um objectivo específico.

Há umas semanas atrás, no início do meu Reiki e ao colocar a intenção para a energia que iria receber durante a mesma, o tópico “curar todas as minhas feridas” saltou (literalmente!), sem que tivesse despendido tempo a pensar sobre o assunto. Simplesmente surgiu. Não me referia a feridas físicas, mas sim a feridas emocionais.

Aceitei sem questionar, pois estas “feridas” todos nós vamos recebendo durante a vida. Não é algo que se veja, deixe marca ou que se sinta fisicamente em determinada parte do corpo. São marcas, profundas ou mais superficiais, que ficam no nosso corpo energético, mas que possuem ligações ao nosso corpo físico, criando memórias que podem ressaltar a qualquer momento, lembrando-nos que determinada situação não foi bem resolvida, ou curada.

Com este post quero oferecer-te inspiração e coragem para olhares para as tuas feridas do passado, como as curares e como libertares-te delas amando as cicatrizes.

São marcas que nos moldam e redefinem o nosso ser. Elas fazem parte do nosso trajecto e evolução enquanto Seres Humanos. A forma como olhamos para elas, ou a perspectiva de onde as percepcionamos faz toda a diferença, fazendo com que elas sejam curadas, ou que nos continuem a magoar, limitando os nossos movimentos ao longo da vida.

Continue reading “Feridas do passado, como as curares e como libertares-te delas amando as cicatrizes”

OM – h(OM)e

Bem-Vind@! Desejo-te bem.♡

Se há algo que me ilumina o coração, é partilhar contigo formas de nos sentirmos bem e aumentarmos a nossa sensação de bem-estar e harmonia. E o que me deixa em paz e me faz sentir feliz, gosto que outros o possam experimentar também, para que partilhem destes mesmos sentimentos.

Assim sendo, neste post vou falar-te de mais uma forma de fazermos o nosso bem-estar crescer e de nos sentirmos em paz e tranquilos porque, quando estamos bem connosco, estamos também em paz com o que nos rodeia.

Continuamos em casa devido ao vírus, e neste momento apesar de já vermos uma luzinha ao fundo do túnel, muitos começam a questionar-se sobre como irá ser quando isto tudo terminar, como será a nossa vida depois desta experiência, ou ainda há quem se debata com o facto (e a chatice) de ter de voltar a trabalhar no local de trabalho. É!… Se ficar em casa foi desafiante ao início, Continue reading “OM – h(OM)e”

No templo de cristal

Existem momentos na nossa vida em que sentimos que uma mudança está para acontecer; seja de carácter pessoal, comportamental, ou até laboral. Muitas vezes sentimos vontade de mudar, e é como se algo novo chamasse por nós. Ou então, aparece uma oportunidade de mudança na nossa vida, sob a forma de um convite. Ou ainda talvez, somente o desejo interior de mudar, sem se saber bem para quê.

Todas estas situações, trazem com elas uma coisa em comum na maioria das vezes: a dúvida!

A dúvida sobre a mudança; se é adequado ou não; se serei capaz. Já alguma vez te aconteceu?

Comigo já! Continue reading “No templo de cristal”

Made in Heaven #26

Made in Heaven #26_Port.png
Within you there is an immense sky full of stars. Each one contains the answer you are searching for. Discover it in your inner silence.

Muitas vezes temos dúvidas, incertezas, inseguranças sobre o que queremos ou devemos fazer. Se este é o melhor caminho, se esta é a atitude correcta, se esta é a escolha acertada, devo ou não fazer isto… a lista de possibilidades é imensa e por vezes consegue gerar uma tal energia de bloqueio, que se transforma em complicações e atrasos naquilo que estamos a planear fazer. É como se fossemos obrigados a fazer uma pausa, porque nada parece avançar.

Na maioria das vezes, esta “pausa” é o universo a perguntar-nos se estamos preparados para o próximo passo. Queremos seguir em frente com a vontade do nosso coração? Ou, estamos mesmo dispostos a dar asas à nossa paixão e a colocar em prática aquilo que nos faz vibrar e ficar em êxtase? Quando encontramos as energias da alegria e da paixão a pulsarem dentro de nós, tudo fica mais claro, brilhante e tudo faz mais sentido.

O problema é quando começamos a dar ouvidos às duvidas e receios de quem está ao nosso redor, formuladas através de opiniões solicitadas, ou nem por isso. Então, essas dúvidas passam a ser as nossas e começamos a questionarmo-nos sobre a veracidade do nosso propósito, e a lista dos “se” começa a crescer. A verdade, é que esses receios que ouvimos são nada mais, nada menos que os nossos medos interiores espelhados nas palavras dos outros.

É neste momento, que devemos parar e escutar o que diz o nosso interior. Escutar o coração, pois ele sabe sempre o que é melhor para nós. Quando nos permitimos a parar e a sermos totalmente sinceros connosco, sem julgamentos, deparamo-nos com um céu imenso cheio de estrelas, em que uma delas contém a resposta para aquela questão que tanto nos tem incomodado. Ao abrirmo-nos humildemente para este infinito céu, compreendemos o que é importante para nós, e o que é que na realidade nos está a impedir de avançar. É aqui que a tal estrelinha brilha e então faz-se luz na nossa vida.

Quando tiveres uma questão que te ocupe demasiado os pensamentos e te faça sentir estagnad@ ou bloquead@, fica uns momentos em silêncio; procura o teu céu interior e deixa-te guiar pela luz dessa estrelinha especial. Ela sabe qual o melhor caminho.

Sempre que seguimos o nosso coração, com a intenção de fazermos o bem e sem prejudicar ninguém, nem a nós, nem ao que nos rodeia, o universo coloca em movimento tudo aquilo que necessitamos para que o nosso propósito se manifeste.♡