Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

Bom dia com Alegria!

Começo por te pedir perdão, por ter falhado na última semana com a publicação de um post novo. As duas últimas semanas foram bastante intensas e desafiantes, o que me causou um enorme cansaço e uma imensa indisponibilidade de tempo para me sentar e escrever-te, de alma e coração.

Sim! Muitos estão a experienciar momentos desafiantes, a vários níveis. Há um vasto leque de ajustes nas nossas vidas, com todas estas mudanças que o confinamento gerou, e continua a gerar. E estas mudanças nem sempre são fáceis.

Neste post, vou trazer alguma clareza para os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles.

Pode ser o confinamento e as restrições, pode ser a mudança de estação, a astrologia e o cosmos com planetas retrógrados, eclipses solares e eclipses lunares, um sem número de factores, mas a verdade é que já dei comigo a sentir-me numa tal montanha Russa de emoções, que até já me questionei sobre a minha sanidade mental… Mas pelo que tenho ouvido, não sou a única. E tu, como te tens sentido? Também compartilhas desta onda de flutuação de humores e emoções?

Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

Parece que há no ar uma onda energética de mudança, de tal forma que são muitos os que começam a colocar uma série de questões em causa. Aliás, parece não, há mesmo! Sim, se é o teu caso, não estás só. Eu própria o tenho experienciado e várias pessoas têm compartilhado comigo este mesmo sentimento. Mas confia! Junt@s vamos conseguir passar por estes ajustes.

Continue reading “Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles”

Como gerir emoções com mantras

Bom dia com ALEGRIA!

Neste post vou partilhar contigo a minha forma de como gerir emoções com mantras.

Como já deves ter percebido, eu amo os mantras. Não é a primeira vez que escrevo sobre os seus benefícios e não creio que será a última. É que os mantras contêm em si mesmo, uma fórmula mágica, que actua no nosso campo energético beneficiando todo o nosso corpo físico.

Como gerir emoções com mantras

Gerir emoções, nem sempre é fácil. Dependendo das circunstâncias, temos tendência para as esconder, ignorar, deixar para depois.

O pior é que quando fazemos isto, estamos a criar uma bomba relógio dentro de nós, pronta a explodir ao mínimo embate, ou por um motivo que nada tem a ver com a sua origem, e confessemos, que muitas vezes explode por um motivo ridiculamente irrisório.

Há dois meses atrás, passei por uma situação que me virou completamente do avesso emocionalmente. Estava de férias na Tailândia, quando ao fim da tarde recebo a notícia de que as fronteiras em Portugal iriam fechar à meia-noite (covid-19), e ou entrava em Portugal antes disso, ou tinha de ficar onde estava. Como assim???

Continue reading “Como gerir emoções com mantras”

Made in Heaven #27

Made in Heaven #27_Port
I can! This is the ignition of your powerful inner engine. Use and abuse it.

Eu consigo!

Esta simples afirmação é tão, mas tão poderosa que é capaz de te meter a fazer coisas que jamais pensarias ser possível. Tens dúvidas?

Experimenta estar perante uma tarefa, ou acção com algum nível de dificuldade e repete esta frase várias vezes em silêncio, com convicção. Ela funciona como um motor de arranque potente, que te irá fazer avançar na direcção que ambicionas alcançar.

É claro que estou a falar de situações humanamente e fisicamente possíveis. Por exemplo, saltar de um lugar muito alto sem qualquer tipo de suporte extra, é humanamente impossível, e um erro. Mas se estiveres munid@ de um para-quedas, ou de outro acessório que te faça planar, e der aquele aperto na barriga de medo, por achares que não consegues, repetir a frase “Eu consigo!” vai dar-te a energia que necessitas, para o fazeres com sucesso.

Volta um pouco atrás na tua vida. Regressa ao momento em que nascestes. Já viste a imensidão de coisas que não conseguias fazer, e que agora fazes com uma “perna às costas”?

Sentar, gatinhar, pôr em pé, andar, correr, saltar, falar, cantar, comer pela tua própria mão, escrever, desenhar, ler…. Isto é só uma pequena lista dos progressos fantásticos que fizeste ao longo da vida. Estou certa de que entretanto, já adquiriste muitas outras competências fabulosas. Certo? Certo!

Então, da próxima vez que sentires que não consegues, coloca em marcha o teu potente motor interior, usando esta ignição mágica “Eu consigo!”.

E mais! Se por acaso vier alguém e disser o contrário, que não consegues fazer algo seja por que motivo for, em silêncio manda-a calar e repete ainda com mais força:

“Eu CONSIGO!”, “Eu CONSIGO!”, “Eu CONSIGO!”, as vezes que forem necessárias, porque chama-lhe teimosia, persistência, obstinação, afinco, firmeza, casmurrice… será sempre o teu desejo mais intenso e profundo que irá liderar a acção. E o resultado final, depende do passo que deres.

Nunca permitas que os “SE’s” preencham a tua vida. Ela é demasiado preciosa para não a viveres em pleno.

Confia! Atreve-te! E caso caias, faz como quando eras bebé: levanta-te e com confiança renovada, tenta de novo. ♡

 

Mudar e manter o ritmo

Desta vez andei aqui às voltas e voltas sobre o tema a escrever neste post, mas sobretudo como o escrever. Desde a semana anterior, que um assunto ficou aqui a pairar no meu campo energético. Sentia que era um tema importante para transmitir, mas não tinha ideia de como o encaixar em forma de post, ou mesmo se deveria transforma-lo num. Eis que esta semana, enquanto estava com uma pessoa que já não via há imenso tempo, o tema voltou sobre outra perspectiva e então fez-se luz. Quando o Universo quer muito que tu manifestes uma coisa, ele arranja forma de a vida te mostrar que o tens de fazer. Depois é só uma questão de percebermos a mensagem, ou nem por isso. 😉

Vontade de gerar a mudança, e depois?

Há uns tempos, enquanto fazia uma pausa para recarregar baterias, dei por mim a ouvir partes de uma conversa que uns jovens estavam a ter, numa mesa atrás de mim. Pelo que percebi, são estudantes (universitários – ou em idade para isso) que se dedicam à causa de Missões. Ou seja, são jovens que em grupo (neste caso associado à igreja) vão a locais menos favorecidos do nosso país, e aí durante uma temporada Continue reading “Mudar e manter o ritmo”