Caminhar rumo ao meu propósito e viver todos os momentos presentes

Bom dia com Alegria!

Esta semana ouvi algo que me fez lembrar de uma marotice que fiz, quando era criança. Num Natal, depois de saber que seriam os meus pais a colocar os presentes na Árvore de Natal, e sabendo eu onde eles estavam “escondidos”, a minha criança interior não resistiu à intensa curiosidade e foi muito sorrateiramente abri-los para saber o que continham, muito antes do momento devido, a noite de Natal.

Foi dos Natais mais tristes que tive. Aquela magia vibrante de viver a expectativa e de tentar adivinhar o que os presentes continham, depois da ceia com a família e acima de tudo a alegria de os desembrulhar, partilhar essa felicidade com ela, simplesmente não existiu.

E porquê? Porque o meu comportamento tonto não conseguiu resistir à tentação de saber onde estavam os presentes, sem que os tivesse chocalhado antes e os ter aberto (supostamente muito disfarçadamente – a minha mãe diz que não…) sem que ninguém visse.

Logo, não foi surpresa nenhuma ter ouvido que um estudo revelou, que há uma grande percentagem de pessoas que quando começa a ler um livro, salta para as últimas páginas para saber qual o desfecho da história antes de ter lido todos os seus capítulos.

Caminhar rumo ao meu propósito e viver todos os momentos presentes

Estes são só dois exemplos de muitas situações semelhantes, que acontecem ao longo da nossa vida. Quantos de nós queimam etapas, só para chegar rapidamente ao resultado final?

Continue reading “Caminhar rumo ao meu propósito e viver todos os momentos presentes”

Num jardim perto de ti

Dia 20 deste mês (Março) a Primavera reentrou no hemisfério Norte, trazendo novas energias, novas esperanças, mais vitalidade. Traz também a vontade de estar mais tempo na rua, de caminhar ao ar livre e o tempo ameno convida a satisfazer este pedido interno que começa a surgir em muitos de nós.

A natureza faz parte de nós, mas para quem vive na cidade esta ligação é muitas vezes esquecida. O tempo dedicado às actividades indoor é demasiado elevado, contribuindo para o aumento dos baixos níveis de energia, de baixa-imunidade, da sensação de falta de energia/motivação Continue reading “Num jardim perto de ti”

As cascas da cebola

O tema deste post anda às voltas com a cebola. E o que vamos fazer com esta cebola? Curios@? Vem, acompanha-me!

A cebola é daquelas plantas hortícolas de aspecto redondinho, com uma cor que varia desde o alaranjado até ao roxo. Por fora está cheia de várias camadas de cascas, umas grossas, outras mais finas e lá dentro a sua cor é branca ou arroxeada, dependendo da qualidade.

Já experimentaste descascar uma cebola? Acredito que sim. E que tal foi a sensação? Pouco agradável, não é? Há umas que são mais tranquilas de descascar, mas a grande maioria requer alguma perícia para retirar as cascas sem danificar a cebola. Durante este processo, o efeito em nós vai desde umas lágrimas suaves, ao pingo que teima em cair do nariz sem parar e por vezes chega a gerar umas lágrimas tão intensas que nos deixam sem ver nada. Tudo isto, para podermos desfrutar das suas várias formas de ser degustada. Sim, é que apesar de haver quem diga que não gosta de cebola, a verdade é que ela traz um sabor especial aos alimentos onde é adicionada.

Sou uma cebola!…

Continue reading “As cascas da cebola”