Feridas do passado, como as curares e como libertares-te delas amando as cicatrizes

Bom dia com Alegria!

Em cada terapia de Reiki que faço, mesmo na minha prática pessoal, coloco sempre uma intenção no início da mesma. É assim como uma ligação criada com um tema preciso, que vai suportar e facilitar o fluir da energia numa determinada direcção e com um objectivo específico.

Há umas semanas atrás, no início do meu Reiki e ao colocar a intenção para a energia que iria receber durante a mesma, o tópico “curar todas as minhas feridas” saltou (literalmente!), sem que tivesse despendido tempo a pensar sobre o assunto. Simplesmente surgiu. Não me referia a feridas físicas, mas sim a feridas emocionais.

Aceitei sem questionar, pois estas “feridas” todos nós vamos recebendo durante a vida. Não é algo que se veja, deixe marca ou que se sinta fisicamente em determinada parte do corpo. São marcas, profundas ou mais superficiais, que ficam no nosso corpo energético, mas que possuem ligações ao nosso corpo físico, criando memórias que podem ressaltar a qualquer momento, lembrando-nos que determinada situação não foi bem resolvida, ou curada.

Com este post quero oferecer-te inspiração e coragem para olhares para as tuas feridas do passado, como as curares e como libertares-te delas amando as cicatrizes.

São marcas que nos moldam e redefinem o nosso ser. Elas fazem parte do nosso trajecto e evolução enquanto Seres Humanos. A forma como olhamos para elas, ou a perspectiva de onde as percepcionamos faz toda a diferença, fazendo com que elas sejam curadas, ou que nos continuem a magoar, limitando os nossos movimentos ao longo da vida.

Continue reading “Feridas do passado, como as curares e como libertares-te delas amando as cicatrizes”

Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

Bom dia com Alegria!

Começo por te pedir perdão, por ter falhado na última semana com a publicação de um post novo. As duas últimas semanas foram bastante intensas e desafiantes, o que me causou um enorme cansaço e uma imensa indisponibilidade de tempo para me sentar e escrever-te, de alma e coração.

Sim! Muitos estão a experienciar momentos desafiantes, a vários níveis. Há um vasto leque de ajustes nas nossas vidas, com todas estas mudanças que o confinamento gerou, e continua a gerar. E estas mudanças nem sempre são fáceis.

Neste post, vou trazer alguma clareza para os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles.

Pode ser o confinamento e as restrições, pode ser a mudança de estação, a astrologia e o cosmos com planetas retrógrados, eclipses solares e eclipses lunares, um sem número de factores, mas a verdade é que já dei comigo a sentir-me numa tal montanha Russa de emoções, que até já me questionei sobre a minha sanidade mental… Mas pelo que tenho ouvido, não sou a única. E tu, como te tens sentido? Também compartilhas desta onda de flutuação de humores e emoções?

Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

Parece que há no ar uma onda energética de mudança, de tal forma que são muitos os que começam a colocar uma série de questões em causa. Aliás, parece não, há mesmo! Sim, se é o teu caso, não estás só. Eu própria o tenho experienciado e várias pessoas têm compartilhado comigo este mesmo sentimento. Mas confia! Junt@s vamos conseguir passar por estes ajustes.

Continue reading “Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles”

Concluir e avançar

Com o aproximar do final do ano, temos tendência a olhar para trás e fazermos uma espécie de balanço sobre o que desejávamos obter, o que conseguimos atingir e o que não foi concluído, para depois lançarmos sementes para o próximo ano. Mas este final de ano é ainda mais especial para esta prática, pois é o final de uma década.

Durante 10 anos, muita coisa muda. Mudamos nós, muda a nossa energia, muda o mundo à nossa volta. Aquele que éramos há dez anos atrás, poderá ser tão diferente daquele que somos agora, que ter dificuldade em reconhecermo-nos, é perfeitamente normal.

Uma década de mudanças

Continue reading “Concluir e avançar”

Inspiração Nocturna

Desta vez vou falar-te de um tema que me é muito querido, a Night School!

E o que é a Night School?

É um local algures num espaço extra físico, que se manifesta durante a noite enquanto dormimos. É um local de aprendizagem, de crescimento e acima de tudo de desenvolvimento pessoal.

Por outras palavras, é o momento em que o teu corpo relaxa, a tua mente descontrai e se abre a receber toda a informação que necessitas para um determinado momento da tua vida. É a chamada inspiração nocturna.

Como tudo começou

A primeira vez que me apercebi da existência e tomei verdadeiro contacto com Continue reading “Inspiração Nocturna”

Faz de conta

Faz de conta que agora…..

Brincar ao “faz de conta” é das actividades mais gratificantes que uma criança pode ter. O universo da criatividade infantil é imenso e quando explorado de forma consciente, leva-a para lá dos limites do céu. Todo o seu potencial criativo é expandido sem limites.

Para um adulto, acompanhar a onda criativa da criança numa brincadeira deste tipo, nem sempre é fácil e nem sempre a paciência é um ingrediente que está presente em doses aconselháveis. Mas vale a pena todo o esforço dedicado, pois os resultados serão uma enorme mais valia para o seu futuro enquanto adulto.

No reino do faz de conta, tudo é possível! Não há Continue reading “Faz de conta”

Aprender com os novos Mestres

Já reparaste em todas as mudanças boas que surgem neste mundo em que vivemos? Já te apercebeste que a evolução está muito, mas muito para lá da tecnologia e de tudo o que é palpável?

Das coisas mais maravilhosas e desafiantes que tenho na minha vida, é a criança que dei há luz há 4 anos. É o quarto ser que dei há luz, com diferença de 17 anos do irmão mais novo.

Sim, é uma criança como muitas outras. É um filho que nasceu de mim, como os outros três filhos mais velhos. Mas isto é o que se vê exteriormente. Porque lá por dentro, no seu mundo emocional e sensitivo, tudo é tão, mas tão diferente Continue reading “Aprender com os novos Mestres”