Benefícios dos mantras e como criares o teu mantra pessoal

Bom dia alegria!

A forma como começamos o nosso dia e a energia que lhe colocamos é tão importante como escolher a roupa que vamos vestir. Se o dia está chuvoso, calçar sandálias não me parece ser o mais adequado, não achas? Imagina que está a chover bastante e tu sais de sandálias para a rua. O mais provável (estando nós agora no outono) é ficares com os pés molhados, frios e com uma sensação de desconforto o dia todo, já para não falar nas eventuais complicações futuras da tua saúde.

Então, começar o dia com a energia desadequada é muito semelhante. Se acordas e ainda na cama começas a pensar que só tens coisas chatas para fazer, ou que não te apetece nada encontrares determinada pessoa e todo um rol de pensamentos negativos, o mais provável é teres um dia mau.

Por mais complicada que a previsão do desenrolar do teu dia possa ser, se começares por lhe dar uma energia amorosa, alegre e confiante, posso garantir-te que o teu dia vai ser lindo!

Neste post sobre os benefícios dos mantras e como criares o teu mantra pessoal, vou partilhar contigo o que é um mantra, quais as suas origens, para que serve e como criares o teu mantra com uma intenção especial.

Benefícios dos mantras e como criares o teu mantra pessoal

Os mantras têm a sua origem nos Vedas, textos sagrados na India com registos conhecidos há cerca de 3000 a.c. e representam intenções e sons específicos para invocar o amor, a compaixão e a bondade, estando muitas vezes relacionados com deuses. Os mantras são como orações onde o foco vai para a intenção e para o som, libertando a mente e relaxando o corpo gerando uma harmonia total.

“Man” significa mente e “tra” entrega; ao entregarmos a nossa mente é como a libertarmos, deixando o espaço livre para o corpo tranquilizar e a nossa energia ficar harmoniosa.

Um mantra é como uma oração, que repetimos várias vezes. A repetição dos seus sons vai gerar uma vibração no nosso corpo energético, levando-nos a estar em sintonia com os sons repetidos. O resultado é uma mente tranquila, sem andar a vaguear entre vários pensamentos e uma maior presença e conexão com energias subtis, gerando assim um maior bem-estar geral para alcançar um determinado propósito. Quando a nossa mente relaxa, o coração consegue comunicar melhor connosco guiando-nos com facilidade pelo caminho mais adequado e iluminado.

Quando posso usar um mantra?

O mantra mais conhecido é o OM (ou Aum). Om é também conhecido como o som primordial e que deu origem a tudo. A sua repetição é normalmente usada antes de se dar início à prática de Yoga ou antes de uma meditação, pois auxilia no relaxamento da mente e proporciona uma maior capacidade de presença consciente da prática escolhida.

Um mantra pode ser entoado sempre que se deseje, ou necessite. Quantas mais vezes ele for repetido, maiores resultados ele irá oferecer. Os textos vedas referem que para que o seu efeito se manifeste na sua totalidade, um mantra deve ser entoado 108 vezes, pois é o número de vezes que as suas vibrações necessitam para harmonizar todo o nosso corpo energético.

Mas se repetires algumas vezes, vais perceber que pouco a pouco a tua mente vai começar a relaxar e a sentires um maior bem-estar. Não custa nada experimentar. Experimenta ao teu ritmo e conta-me como foi. Na pior das hipóteses vais conseguir ficar mais tranquil@ e focad@.

Podes começar de manhã com um mantra especial e mantê-lo durante todo o dia, ou mudar para um outro que seja mais adequado numa ocasião especifica, e ainda terminares o dia em pleno com um outro mantra diferente.

Já algumas vezes me disseram que os mantras são difíceis de decorar e que como não compreendem as suas palavras e o seu significado, não sentem grande vontade de os entoar. Olha sabes uma coisa, comigo passou-se o mesmo. Tinha uns 18 anos quando um monge tibetano me ofereceu um CD com mantras em plena Baixa de Lisboa. Na altura ouvi (foi estranho, confesso), não percebi bem o que eram nem o seu significado, nem tão pouco havia internet para pesquisar mais sobre o assunto, mas a verdade é que ficou cá a sementinha a germinar 😊

Como criares o teu mantra

Todos os mantras contêm uma intenção especifica para obter um determinado resultado. Se não te sentes preparad@ para usar um mantra na versão original (sânscrito), não faz mal pois podes criar o teu mantra pessoal.

Como referi no inicio deste post, a energia com que o nosso dia começa, é aquela que se vai manifestar ao longo do mesmo e como de manhã é o momento em que a nossa mente ainda está fresquinha e limpa, esta é a altura ideal para começarmos a entoar um mantra com a energia que desejamos cocriar.

Eu gosto de começar o dia a agradecer. Agradeço acima de tudo o dom da vida. Gratidão é um ato tão simples e que gera uma energia tão boa quando agradecemos o que temos, mesmo quando o que temos possa ser pouco. Então podes dizer: “Agradeço este dia com todos os benefícios que ele me oferece.”

Um mantra é uma ótima ferramenta para criarmos a nossa energia. Aquilo que repetimos muitas vezes (pensamentos ou palavras) com todo o nosso coração, acaba por ser atraído para a nossa vida, pois a energia segue o pensamento.

Por vezes acontece-me começar o dia a achar que tenho tantas coisas para fazer, que não sei bem por onde começar. Então criei este mantra: “Hoje completo todas as tarefas com sucesso, alegria e leveza.” E a magia simplesmente acontece. Por mais caótica que esteja a agenda, tudo se alinha na perfeição e no tempo certo.

Vou contar-te um segredo…. Quando a minha filha mais nova entrou no infantário, por causa do receio das viroses e contágios normais que existem no chamado “infectário” comecei todos os dias a dizer o seguinte mantra: “Hoje a minha filha Clara tem uma saúde excelente.” Ainda hoje o repito e a Clara é conhecida no colégio pela sua muito boa saúde!

Há um mantra excelente para o início das refeições: “Esta refeição nutre o meu corpo onde mais necessito, com muito amor.” – experimenta e vê a diferença no teu corpo (físico e energético).

Quando saímos ou regressamos a casa, agradecer o bom que é termos um abrigo e um lar confortável é uma base linda para um mantra: “Agradeço esta casa segura e acolhedora onde me sinto feliz e em paz.”

Qualquer momento do dia é bom para entoar um mantra e repetir as palavras que dele fazem parte, com amor e confiança seja para nosso benefício, da sociedade em que vivemos ou mesmo de um modo mais global beneficiando o planeta Terra.

Criares o teu mantra pessoal não tem dificuldade nenhuma, nem segredos e é muito simples, basta seguires estas orientações:

  • Saber claramente o objetivo que queres obter;
  • Construir a frase na positiva;
  • Construir a frase no momento presente e como se o objetivo já estivesse concluído;
  • Construir a frase no momento presente e como se o objetivo já estivesse concluído;
  • Ser cucint@;

Menos é mais e quanto mais simples melhor (e mais fácil de decorar – lembra-te que a ideia é repetires on and on).

Os mantras são mesmo uma preciosa ajuda ao nosso desenvolvimento pessoal, gerando bem-estar, harmonia e aumentando a nossa capacidade de foco com uma postura positiva. Quando começamos a inseri-los no nosso dia-a-dia até pode parecer estranho, mas com o tempo começamos a perceber a sua verdadeira beleza e as imensas possibilidades que eles nos oferecem. Nest post anterior partilhei contigo um verdadeiro milagre que a prática dos mantras me ofereceu. Aproveita para te inspirares com esta experiência.

Se quiseres expandir a tua experiência com os mantras para o bem-maior da sociedade, ou mesmo do mundo, ajudando a elevar o nosso estado de consciência para um modo mais positivo, confiante saudável, convido-te a escutares e a entoares este mantra “Loka Samasta Sukhino Bhavantu” e que significa “Que todos os seres sejam felizes e que os meus pensamentos, palavras e atos contribuam para a felicidade de todos os seres.”

Desejo que este post sobre os benefícios dos mantras e como criares o teu mantra pessoal te tenha inspirado e que a sementinha que ele te oferece traga muitas flores perfumadas e muitos frutos sumarentos à tua vida. E claro, podes sempre contar comigo para trazer mais luz a alguma dúvida que tenhas sobre este tema, ou outro, basta contactares-me.

Sugestão: arranja um caderno onde vais anotando os teus mantras e os benefícios que eles te ofereceram.

Agradeço a tua presença e desejo-te uma semana luminosa.

Com amor,

Benefícios dos mantras e como criares o teu mantra pessoal_2

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s