Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

Bom dia com Alegria!

Começo por te pedir perdão, por ter falhado na última semana com a publicação de um post novo. As duas últimas semanas foram bastante intensas e desafiantes, o que me causou um enorme cansaço e uma imensa indisponibilidade de tempo para me sentar e escrever-te, de alma e coração.

Sim! Muitos estão a experienciar momentos desafiantes, a vários níveis. Há um vasto leque de ajustes nas nossas vidas, com todas estas mudanças que o confinamento gerou, e continua a gerar. E estas mudanças nem sempre são fáceis.

Neste post, vou trazer alguma clareza para os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles.

Pode ser o confinamento e as restrições, pode ser a mudança de estação, a astrologia e o cosmos com planetas retrógrados, eclipses solares e eclipses lunares, um sem número de factores, mas a verdade é que já dei comigo a sentir-me numa tal montanha Russa de emoções, que até já me questionei sobre a minha sanidade mental… Mas pelo que tenho ouvido, não sou a única. E tu, como te tens sentido? Também compartilhas desta onda de flutuação de humores e emoções?

Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

Parece que há no ar uma onda energética de mudança, de tal forma que são muitos os que começam a colocar uma série de questões em causa. Aliás, parece não, há mesmo! Sim, se é o teu caso, não estás só. Eu própria o tenho experienciado e várias pessoas têm compartilhado comigo este mesmo sentimento. Mas confia! Junt@s vamos conseguir passar por estes ajustes.

Toda esta mudança global com início no vírus, veio mostrar-nos algo que sempre existiu: que só importa o AGORA. Se dantes passámos pela teoria, usufruindo eventualmente de alguma prática pessoal de vivermos no momento presente ensinado por livros e mestres espirituais, com esta vivência actual temos a plena experiência prática do que é viver no Agora.

Pode ser muito desafiante não conseguir fazer planos a longo prazo. Ou não ter a clareza necessária para planear o que quer que seja, num futuro próximo, com tantas incertezas no ar. A possibilidade de tudo mudar de um momento para o outro, e vermos várias situações canceladas sem sabermos se é possível voltar a remarca-las, sem que haja novo cancelamento, tornou-se uma realidade muito vivida. Mas não era já assim, a nossa vida?

Que garantias tínhamos de que aquilo que planeámos ia mesmo acontecer? Já pensaste nisto?…

Nada era certo. Nada nunca, foi assegurado. O que há agora, pode mudar radicalmente no momento seguinte. Mas, nós confiávamos quase sem duvidar, que tudo o que tínhamos era certo e seguro. Certo? Bom, entrar em pânico ou stressar não serve de nada. O que o universo nos está a mostrar (radicalmente – atrevo-me a dizer), é que existe um caminho alternativo, e que temos de nos ajustar a ele, para melhor saborearmos esta experiência de vida na Terra.

(Re)aprender a SER humano

Outra situação que muitos têm sentido, é um cansaço enorme e fora do normal. Também te identificas? E podem dizer que é do uso de máscaras, das energias que andam no ar, o que quer que seja. Sim, também contribuem, é verdade, mas não só.

Esta é mais uma lição do universo, para integrarmos e que para muitos será difícil de o fazer. Trata-se de reaprender a sermos humanos. Tu, Eu, Nós todos, somos um SER humano, não um “FAZ humano”. Passámos por uma era em que fazer muito e produzir muito era sinónimo de se ser um excelente profissional, independentemente da forma como cada um se sentia, após essa rotina de trabalho. E apareceram (ainda aparecem) os burnout, as doenças oncológicas e outras complicações…

Este é o momento de aprendermos a nos escutar, a estarmos connosco, a perceber que o nosso corpo precisa também de muito descanso, de se nutrir correctamente e apreciar o que nos rodeia. No momento em que conseguirmos estar plenamente connosco, a sentirmos o nosso corpo e as nossas emoções verdadeiramente, começamos a perceber melhor o que não está bem e precisa de ser modificado.

Com a quarentena, percebemos profundamente o quão importante é estarmos na presença de outros humanos, sobretudo os que amamos, e de interagirmos com eles. De sair e usufruir da natureza. De respirar ar puro, sem limites físicos ou barreiras à linha do horizonte.

Foi preciso ser-nos retirado uma série de elementos que tínhamos como certos, para percebermos o verdadeiro valor que eles têm e a falta que nos fazem.

SER humano é viver em comunhão com os outros, viver em comunidade, cuidarmo-nos e cuidarmos dos outros, usufruir da natureza cuidando também dela, trabalhar e produzir respeitando os ritmos próprios de sono e vigília, praticando uma alimentação saudável e acima de tudo, ter práticas saudáveis de vida.

E como encontrar o equilíbrio pessoal neste momento de transição?

Esta mudança à escala mundial é necessária que ocorra, nas nossas vidas. O universo é sábio e tudo faz para nos proporcionar o melhor. Só temos de seguir “as instruções” que nos são enviadas.

Esta fase de transição para uma nova era, mais consciente e mais positiva para o nosso planeta e seus habitantes, levou-nos a procurar soluções alternativas, para nos sentirmos melhor. Então, que essa procura do bem-estar de forma consciente e saudável continue, e que nos proporcione um equilíbrio de energias e emoções, para nos ajudar neste processo de transição e ajuste.

Partilho contigo algumas práticas simples, que te irão ajudar a reencontrares o teu equilíbrio quando te sentes mais em baixo, ou menos capaz. Elas vão fazer com que te sintas em paz, dando o melhor de ti, despertando o teu lado mais belo e luminoso.

Praticar exercício físico

Corpo são em mente sã, é uma expressão super actualizada. Procura uma prática regular de exercício físico que te dê prazer e te faça sentir bem. Lembra-te que o teu corpo é o teu templo e é ele que te permite viveres a tua vida em pleno. Não é necessário investires muito, e ires para um ginásio. Hoje em dia existem várias opções à disposição de quem quer criar este compromisso pessoal de bem-estar. Basta sermos criativos, e querer!

Caminhar na natureza

A natureza é uma bênção que temos. Ela permite a conexão com a nossa essência, pois nenhum ser vivo foi feito para viver confinado entre paredes. Praia, campo, pequeno jardim, ou um parque natural, tu escolhes qual o cenário que te nutre e te preenche com energias renovadas.

Meditar

Aprender a estar em silêncio, sem movimento, só contigo, ou simplesmente ouvir música relaxante, é uma forma de aprenderes a acalmar a tua mente e a criares o espaço essencial para te escutares, e ajustares o que tem de ser ajustado. Entende estas pausas tão necessárias, como momentos de self care e de amor-próprio para cuidares de ti, com muito amor e carinho. Aqui no blog, tens um espaço dedicado às meditações. Já o experimentaste? Cada uma tem menos de 15 minutos dedicados só a ti – Experimenta e nutre-te com as meditações Sopros de Luz.

Aprender algo novo que dê prazer

Sai da tua zona de conforto, daquilo que estás habituad@ a fazer e aprende algo novo. Descobre novos prazeres na vida, desenvolvendo novas competências, ou aperfeiçoando algo que já não faças há muito tempo.

Aprender algo, equivale a exercitar o “musculo” de adaptação ao novo e ajuda-nos a continuarmos a evoluir em várias áreas. Abre novos caminhos e mantém-te viv@ e fresc@!

Prática espiritual

Seja ela qual for, a prática espiritual é como o alimento da alma. Ajuda ao equilíbrio entre o espírito e a matéria (o nosso corpo). O mais importante é que a tua prática espiritual te faça sentir em paz contigo própri@ e faça brilhar o melhor que há em ti. Sempre que (re)encontramos a paz no nosso interior, conseguimos olhar para o mundo através do nosso coração.

Alimentação mais saudável

Praticar uma alimentação saudável, comer a horas regulares e em doses equilibradas é meio caminho andado para uma óptima saúde. Não existem dietas perfeitas, nem regimes ideais. Mas sempre aprendi que o nosso organismo precisa de tudo um pouco, e de forma equilibrada, pois os excessos, ou os défices causam desequilíbrios ou podem tornar-se tóxicos.

Num congresso, alguém perguntava o que devemos então comer, após se ter chegado à conclusão de que nada era perfeito, ou isento de contra-indicações, para ser consumido. A resposta foi simples e sábia: Tudo aquilo que consumimos em doses essenciais, é benéfico. Tudo aquilo que consumimos em excesso, torna-se tóxico.

O segredo está em encontrar o equilíbrio perfeito para ti, e para o teu corpo.

Para encontrarmos um equilíbrio nos altos e baixos das nossas emoções na vida actual e melhor lidar com eles, devemos desenvolver cada vez mais o nosso amor-próprio e criar um momento semanal dedicado ao self-care. Descobre uma prática que ames e que seja saudável, e faz dela o teu medicamento de topo.

Imagina que foi o Dr. Universo quem te receitou esse medicamento, ao qual não podes falhar na toma, pois é essencial à tua saúde. Queres mesmo essa receita? Imprime este printable e preenche-a indicando aquele momento essencial ao teu bem-estar. Estipula a tua dosagem e cumpre a sua toma nos timings indicados. Lembra-te que este medicamento, é essencial à tua saúde!

Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles_2
Clica na imagem para fazeres o download e imprimires a tua receita

Espero que tenhas desfrutado deste post gigante (quase que foi um dois em um, para compensar a ausência do anterior), sobre os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles, e que ele te ajude a transformar este momento de transição numa vivência mais leve e suave.

Agradeço a tua presença e desejo-te uma nova semana cheia de luz.

Com amor,

Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

2 thoughts on “Os altos e baixos das nossas emoções na vida actual e como lidar com eles

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s