Foco e energia nas palavras

Bom dia com Alegria!

Escrevo-te este post em pleno dia de chuva de Primavera, seguido de um outro dia em que a chuva era de tal modo dançante (gosto de a apelidar desta forma), que se enfiava por todo o lado, mesmo até debaixo de locais cobertos, molhando tudo e todos.

Estamos na Primavera e a chuva faz falta, especialmente esta miudinha e levezinha, é o que muitos dizem, mas a verdade é que viver a Primavera com dias cinzentos obriga a um esforço extra da nossa alma, para nos animarmos. Verdade?

Aqui no blog partilho contigo o lado B da vida, o lado bom e positivo; então vamos lá elevar o animo e transformar as nuvens da nossa vida em raios de sol luminosos e que nos aquecem o coração.

No outro dia estava a fazer uma pesquisa na net e apareceu-me uma lista de medicamentos para ter em casa, antes de um recém-nascido chegar à luz deste mundo, só para o caso de vir a ter alguma doença, ou algum mal-estar nos primeiros dias de vida. De início achei graça, porque lembrou-me a minha primeira gravidez (há bastante tempo atrás) e sim, cumpri os predicados desta lista, não fosse acontecer alguma. Depois fiquei um pouco triste… estamos em 2019, numa era em que se dá primazia às atitudes positivas e às boas vibes, e este tipo de listas ainda existe…

Gerar boas vibes é preciso!

Numa gravidez normal e sem complicações para o bebé, o ambiente uterino continua a ser um local de protecção que acolhe e aconchega este ser que ainda não nasceu. Felizmente, esta situação é a mais vulgar no mundo. Então porque é que se continua a assustar uma grávida, criando-lhe um estado de alerta com a possibilidade de uma eventual doença no seu bebé logo após o nascimento? Será que existe alguma mãe que deseje que o seu filho (especialmente um por nascer) venha a ser doente?

Uma coisa é falarmos de cuidados de protecção e criação de bem-estar ao recém-nascido, para que continue saudável. Outra completamente diferente, é falarmos em doenças, que podem nem vir a acontecer.

Uma grávida é um ser maravilhoso, num estado de dádiva e luz divino, pois está a criar uma nova vida. Só isto é simplesmente divino e um milagre da vida.

A gravidez é um momento especial, onde a atitude positiva, o amor-próprio e a confiança num futuro maravilhoso devem ser cultivadas em doses elevadas, para que o novo ser nasça pleno de vitalidade.

Como em qualquer momento de criação, a atitude com que estamos presentes nele, influencia na totalidade o resultado final. Há que gerar boas vibes!

Que energia têm as tuas palavras?

Já imaginaste como seria o teu dia, se começasses a pensar que ao longo do mesmo poderias ficar doente? Ou que ao saíres de casa, poderias cair e magoares-te?…

Ou imagina ainda um artista, que está a dar vida a um novo trabalho… será que ele vai criar a sua obra a pensar que ela vai ser um fracasso?…

Não creio. Acredito sim, que a maioria de nós, deseja  e quer o melhor quando está a iniciar a algo.

Então porquê gerar estas energias de doença, num ser lindo que está por nascer?

A vida é uma sucessão dos nossos pensamentos. Aquilo em que acreditamos e por várias vezes pensamos, ou dizemos mesmo em voz alta, mais cedo ou mais tarde acaba por se manifestar num determinado momento da nossa vida.

Já viste o quão maravilhoso é o universo, que nos dá este dom de podermos criar o melhor para nós? Então porquê desperdiçar energias com coisas que não nos são favoráveis, ou que não desejamos que aconteçam?

Praticar uma atitude positiva, é algo que exige de nós uma atenção diária e continua. Ao princípio pode parecer um pouco complicado, mas com a prática vais perceber que afinal até é fácil de a integrar no teu dia-a-dia.

Praticar com foco bem direccionado

Começa por perceber os momentos em que dizes algo negativo sobre ti, ou sobre aqueles que amas, ou até mesmo sobre o ambiente à tua volta – tudo conta!

Frases como por exemplo “Ai que trânsito! Por este andar nunca mais lá chego.”, “Fiquei tod@ molhad@ com a chuva…, estou mesmo a ver que vou ficar doente.”, “Não páras quiet@… Daqui a nada estás a dar um trambolhão.” são ditas muitas vezes, sem que haja consciência da energia que está a ser colocada no momento.

E agora diz-me, se soubesses que os teus desejos, que as tuas palavras ditas em voz alta se vão concretizar, como farias? Continuarias a repetir as mesmas palavras pela negativa, ou mudarias o foco para uma perspectiva positiva?

Eu sei que nem sempre é fácil. Que por vezes sai-nos da boca uma forma negativa daquilo que realmente queremos, e que é um padrão que está muito enraizado em nós, sobretudo os Portugueses que têm o fado no ADN. Mas (!), vamos sempre a tempo de mudar!

É tudo uma questão de querer e ter vontade de mudar. E de começar a praticar.

Começa por tomares consciência da forma como dizes as coisas, e sempre que te apanhares numa frase pela negativa, corrige-a logo como se oferecesses a ti própri@ um antídoto.

Começa o dia a dizeres para ti propri@, frases positivas sobre como o dia vai decorrer. E sempre que te deparares com uma situação complicada, em vez de reclamares pela negativa, constrói uma frase positiva para um bom desfecho da situação.

Aos poucos vais percebendo como afinal esta prática até é fácil, e sobretudo vais começar a perceber como a tua vida pode mudar para melhor, com estes pequenos gestos. Esta é uma prática que se tornou numa atitude, que faz parte de mim há já 7 anos, e confirmo-te que faz toda a diferença.

Para mais inspiração sobre este tema, espreita este post e também este outro aqui no Blog.

Agradeço a tua presença e desejo-te um dia cheio de luz.

Com amor, Teresa

Gratidão pela imagem:  ferofero2002 @Pixabay

2 thoughts on “Foco e energia nas palavras

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s