Na teia

Estava eu parada num semáforo a observar uns melros que se deliciavam numas ervas cortadas recentemente, e a dissertar mentalmente sobre as maravilhas da primavera, quando me “caiu a ficha” …. Eles estão a comer os pobres bichitos que ficaram à descoberta, após terem perdido o seu habitat de protecção!!! A primeira sensação foi de tristeza…, mas depois lembrei-me… a vida é assim mesmo, umas vezes comemos nós, outras… “caput”… deixamo-nos comer.

Com a navegação na internet passa-se a mesma coisa. É uma teia imensa na world wide web, onde o conteúdo à disposição é tão vasto, e onde é fácil perdermo-nos.

Já te aconteceu alguma vez, iniciares uma busca e acabares noutra completamente diferente? Ou eventualmente, dedicares um pequeno momento da tua pausa, ou do teu fim de dia à pesquisa de algo, que até era uma pesquisa rápida e simples, mas quando te dás conta, o tempo voou e é tardíssimo? Eu faço check nas duas questões.

Com as redes sociais passa-se a mesma coisa, vamos só ver uma coisinha, ou publicar/partilhar algo, e… pufff… Eu faço check também aqui.

Se é errado, ou se é certo, cada um sabe de si e do tempo que tem disponível, qual o contexto em que o faz, ou ainda quais os benefícios que a navegação na web lhe proporciona.

Como uma aranha

Quando olhamos para nós próprios como se fossemos umas pequenas aranhas na teia da web, podemos gerar a perspectiva de caçador, onde escolhemos aquilo que queremos consumir, ou guardar para ser digerido mais tarde, trazendo-nos uma imensidade de benefícios. Ou então… geramos em nós a perspectiva de presa, e deixamo-nos levar por conteúdos que nos consomem tempo, retiram energia e nos alimentam as preocupações, medos, raivas, inseguranças. Neste caso, resta desejar que haja em cada um a capacidade de auto-regeneração.

Para tudo na vida há que ter um foco. Há que saber exactamente o que querer de um determinado momento. Manter a nossa presença bem enraizada, e com limites que nos suportem e alimentem o nosso bem-estar, para que o equilíbrio (emocional, mental e físico) se mantenha saudável.

Tenho ouvido por vezes, pessoas de várias faixas etárias, queixarem-se dos malefícios da internet, sobretudo das redes sociais. Sim, há muito lixo à nossa disposição e ainda por cima de forma gratuita. E sim, também há uma imensidão de coisas fantásticas, que nos permitem aprender coisas novas e ampliar os nossos horizontes e conhecimentos, também de forma gratuita. O mundo tornou-se muito pequeno e tudo se tornou mais próximo, e à distância de um pequeno toque do dedo. Se é bom, ou se é mau, tudo depende da forma como nos abrimos à web.

Atrair o melhor para a teia

Senão, imagina que tu e eu nos sentamos numa pastelaria e nos metemos a comer, a comer e a comer bolos sem fim. Ou por outro lado, que nos encontramos num bar e nos metemos a beber copos, uns atrás dos outros (dependendo do tipo de bebida… poder ser desastroso!). Mesmo que sejam bebidas sem álcool, não me imagino em bom estado… Ou no caso dos bolos…. nem quero pensar! E tu?..

Com a internet o resultado é muito parecido. A grande vantagem que vejo, é que se tu e eu nos encontrássemos nalgum lugar, iríamos de certo trocar ideias e manter uma conversa em andamento (sendo que não seria de certo para nos empanturrarmos em bolos – um é suficiente!). E na internet é tudo um pouco mais virtual, perdendo-se a socialização na versão ao vivo.

Mas, com a internet ainda pode acontecer uma outra situação, que é a de quereres encontrar algo que desejas muito, que achas que é muito importante para uma determinada situação, e népias… não consegues encontrar. Fizeste check? Também aqui o tal do foco é muito importante, para que possas encontrar o que realmente desejas. Se não consegues encontrar ou, entretanto surgiu algo que te impediu ou interrompeu a busca, é porque não era o momento ideal para o obteres.

Esta situação é mais comum do que imaginas, basta que prestes atenção a esses pequenos detalhes.

Se realmente queres muito, muito encontrar algo e queres que seja rápido e eficiente, convido-te a fazeres um pequeno ritual que comigo resulta sempre.

Antes de pegares no dispositivo com acesso à internet, respira fundo e visualiza aquilo que queres encontrar. Verifica e confirma se o que desejas te traz algum valor, se te traz felicidade, se é para o teu bem, ou daqueles que te rodeiam. E pede ajuda aos teus Guias, aos teus Anjos, ou a algo superior em que acredites e tenhas fé, para que te ajudem a encontrar (…diz o que desejas…) de forma rápida, fácil e suave para o bem maior de todos e agradece antecipadamente. Estas últimas palavras “de forma rápida, fácil e suave para o bem maior de todos”, em conjunto com o agradecimento antecipado, fazem realmente a diferença. Têm um toque de magia divino, e eu uso-as em muitos momentos.

E só então após este pequeno ritual, começa a tua busca na web. Não só vais encontrar aquilo que realmente desejas, como o vais encontrar na forma mais preciosa, e facilmente!

Caso… não consigas de todo, das duas uma, ou é porque não estás preparad@ para o receberes, ou não te vai ser benéfico. Neste caso, aceita. Poderás tentar novamente mais tarde e repetir o processo. Caso consigas, fantástico. Caso não consigas, o universo é sábio e sabe o que é melhor para cada um de nós em cada altura da nossa vida. Aceita, com gratidão, pois não há pior coisa do que correr atrás de algo, para o qual não estamos destinados.

Desfruta da internet com sabedoria, foco, conta e medida certas, atraindo para ti tudo aquilo que te é benéfico e revitalizante, aumentando os teus níveis de energia e bem-estar. Tudo o resto, deixa-o de lado.

Com gratidão pela tua presença, desejo-te um dia maravilhoso.

Com amor, Teresa

Gratidão pela imagem: ThomasWolter @Pixabay

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s