“Timing” para flores e frutos

Recentemente estive no Algarve, e há uma coisa que me delicia: no Algarve há laranjas todo o ano!!!

Acho esta situação uma verdadeira delícia, porque me permite desfrutar da bela laranja Algarvia, e do seu maravilhoso sumo o ano inteiro, seja em que época lá vá. Por outro lado, é algo que me espanta… Como é que é possível haver laranjas (e boas!) o ano inteiro, se a chamada época da laranja é durante o inverno? Como é que é possível que hajam laranjeiras a florir e a dar fruto todo o santo ano? Será do clima? Será da terra? Será das pessoas? Enfim… a verdadeira razão é o que menos importa, e por mim fico muito feliz e agradecida em perceber que a natureza tem a capacidade de oferecer-nos esta fruta de cor, forma, cheiro e sabor super fantástica o ano inteiro, basta que estejamos disponíveis para a receber.

Gargalhadas pela manhã

Durante os meus trajectos de carro, oiço maioritariamente a Rádio Comercial, em especial “As manhãs da Comercial”. Amo as “Mixórdia de temáticas” do Ricardo Araújo Pereira, que tem o dom de me fazer soltar umas valentes gargalhadas. Se nunca ouviste, convido-te a fazê-lo de mente aberta, porque é realmente fantástico. (tens os links incorporado mais abaixo). Seja qual for o tema, a forma pura e “mordente” com que o aborda, é divina.

Houve dois temas em especial, que me deixaram a rir ás gargalhadas, porque abordam a postura que uma parte da sociedade começa a ter cada vez mais. Refiro-me às arrumações e às dicas dadas por Marie Kondo no “Mixórdia – Ver arrumações” e as medicinas alternativas no “Mixórdia – Engenharias alternativas” .

Estes dois episódios tocaram-me em especial, uma vez que o meu trabalho desenvolve-se em torno das medicinas alternativas, e a minha espiritualidade despertou há já alguns anos, o que permitiu mudar a minha consciência perante vários factores na vida e encará-los com uma outra postura.

“Ver” o que só se sente

Algo que aprendi e interiorizei profundamente, é que tudo o que existe no mundo, possui energia. Tudo o que existe na natureza, é energia pura e tem uma vida própria cheia de ensinamentos para serem transmitidos, basta estarmos despertos para eles.

A energia que nós acumulamos na rua, ao estarmos em contacto com as outras pessoas e ambientes, levamo-la para nossa casa, e isso influência em muito o nosso lar e o ambiente que lá partilhamos.

As roupas que comprámos há uma série de anos, possuem a energia que nós tínhamos quando as comprámos; se ela é igual à do presente momento? Não. A nossa energia pessoal muda todos os dias, a todos os momentos e aquilo que nos fazia felizes e sentirmo-nos bem há uns anos atrás, possivelmente não o faz agora. Daí que concorde em muito quando a Marie Kondo diz que se uma roupa não me faz feliz, devo doá-la a outra pessoa, e assim liberto a energia estagnada e crio espaço para que outra energia se manifeste, trazendo alegria à minha vida. Faz sentido? Espreita este post anterior, para saberes mais sobre este tópico.

Mudar o chip da consciência

Em relação à postura perante as medicinas alternativas, compreendo que ainda seja difícil para muitos, acreditar em algo que não é palpável, ou mensurável. Mas a verdade é que estas medicinas naturais existem desde a era antes de Cristo, maioritariamente usadas no oriente, e com excelentes resultados, especialmente em método preventivo. Felizmente estão a ser disponibilizadas, cada vez mais em conjunto com a medicina convencional/ocidental, entreajudando-se e potencializando resultados positivos para quem delas usufrui.

A natureza é sábia e tudo oferece, para que nada nos falte. Sempre foi assim. O problema é que durante demasiado tempo a fomos deixando de lado, esquecendo-a, não  a escutando e não usufruindo dos seus benefícios, para nos voltarmos para o nosso interior e para todo um boom na evolução das tecnologias, que nos trouxe imensas possibilidades e vantagens, mas acabou por nos desligar da Terra e da natureza, causando desequilíbrios e doenças.

Está na hora de nos voltarmos a conectar com a natureza e recebermos dela todos os seus benefícios, todas as suas bênçãos; de nos conectarmos de novo com a nossa própria energia para todos podermos viver saudáveis, felizes e em abundância.

Aceito que cada um de nós tem o seu próprio ritmo para despertar para esta realidade, e está tudo bem, está tudo certo. Quando me iniciei no Reiki, a primeira (e a mais importante) lição que aprendi foi que cada maçã amadurece ao seu tempo, e o seu timing não deve ser apressado. Porque, se numa macieira as maçãs amadurecessem todas ao mesmo tempo, isso iria causar um enorme desequilíbrio em todo o ecossistema da árvore.

Assim é na vida com a espiritualidade e a consciência de cada um. Cada pessoa vai despertando ao seu ritmo, e sem julgamentos cabe a todos nós entreajudarmo-nos para que o processo seja mais fácil e equilibrado em conjunto. E mesmo quando despertamos para uma nova postura perante a vida, o caminho de aprendizagem é feito ao longo de toda a nossa vida na Terra. Cada dia, é um novo dia de aprendizagem e evolução. E isto faz da nossa vida, um verdadeiro milagre!

Mas (!), como em qualquer situação nova, sobre a qual temos dúvidas acerca da sua eficiência, nada como abrirmos a nossa mente e coração, e darmo-nos o beneficio da dúvida, criando espaço para a experimentarmos, e só então depois podermos dar a nossa opinião livre de julgamentos ou (pré)conceitos. É que isto das terapias alternativas, é como o chocolate, só conseguimos saber o que são, depois das experimentarmos.

Se tens dúvidas, oferece-te um momento de inovação e marca a tua sessão comigo.

Agradeço de coração ao Ricardo Araújo Pereira pelas boas gargalhadas matinais, sobre os mais variados temas, controversos (na maioria) ou nem por isso, porque também isto é o melhor da vida: ver o lado divertido de uma situação! E uma boa gargalhada tem imensos poderes curativos.

Voltando ao início deste post, nada como ver a vida como um belo laranjal Algarvio, onde as flores se vão renovando, gerando todo o ano belas laranjas, para as apreciarmos e saborearmos, porque está tudo certo.

Agradeço a tua presença e desejo-te um dia delicioso.

Com amor, Teresa

Gratidão pela imagem: mcj @pixabay

A propósito de laranjas…

Sabias que o óleo essencial de laranja é antidepressivo, digestivo, anti-bacteriano, anti-espasmódico, revigorante e ajuda as pessoas a reencontrarem a alegria e a boa disposição? A natureza tem tanto para oferecer!♡

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s