Na máscara do Carnaval

Há poucos dias celebrou-se o Carnaval, e se bem que eu não seja grande adepta desta tradição, não há como ficar alheia a esta festividade. Desde crianças a adultos, é uma época celebrada há já muitos séculos. Nas escolas, as crianças são convidadas a mascararem-se e a participarem em cortejos carnavalescos, desde pequeninas e para que os adultos também se possam divertir há bailes espalhados por várias localidades. Apesar de hoje em dia não fazer questão de me mascarar no Carnaval, aprecio imenso a capacidade criativa de todas as pessoas que se envolvem neste espírito.

É um momento do ano onde muitos uniram esforços, para criarem todo um aparato em torno da diversão vivendo-a ao máximo e partilhando-a com muitos mais. E isto só por si, é lindo! Amo quando as pessoas se unem para um bem comum.

Folia sem tabus

Sendo o Carnaval o culminar da diversão antes do jejum da quaresma, isto segundo as tradições cristãs, era quase como um último fôlego antes das restrições tomarem lugar no dia-a-dia. Hoje em dia já não é bem assim, uma vez que “deixar as carnes” (intenção cuja expressão originou no latim a palavra Carnaval), já não tem o mesmo peso que tinha dantes. Se houvesse realmente uma intenção de abstinência, ou “jejuar” de algo que dê prazer, como é costume fazer-se à sexta-feira na religião católica durante a quaresma, penso que hoje em dia seria capaz de ter mais impacto deixar de lado as redes sociais, ou mesmo qualquer acesso à internet durante esse dia. Isso sim, seria uma bela abstinência quaresmal! 😊

Sendo o Carnaval um momento de folia extrema, ou de diversão sem tabus, onde cada um é livre de se vestir como quer pois, no Carnaval ninguém leva a mal (!), traz ao de cima a vontade de cada um expor o seu lado mais irreverente, ou o seu lado mais apagado e solta-lo de vez, assim em forma de libertação pessoal.

Também as crianças dão asas ao seu mundo imaginário, ou ao lado imaginário/criativo de quem as veste, e esta é uma outra forma dos pais se revelarem no Carnaval! (eheheheh) E sim, eu sou adepta das princesas, dos contos de fadas e de toda a magia envolvente!!! Este ano então, adorei dar asas ao meu lado criativo com as pinturas faciais. Resolvi experimenta-las e descobri que a minha criança interior rejubilou com esta nova faceta. E mais ainda por ter uma filha que delira totalmente com esta inovação! Digamos que o difícil foi lidar com todo aquele êxtase de energia extra…. Enfim, foi tão divertido que valeu a pena ser abalroada por aquela avalanche esfuziante.

Soltar o lado mais introvertido

Para mim, o mais divertido no Carnaval é observar as pessoas e os seus disfarces. Ver como se soltam e revelam o seu lado mais introvertido de forma divertida, ou como libertam aquele lado mais provocador, ou o lado que reclama por ser mostrado ao mundo.

Adoro especialmente os homens que se vestem de mulheres! Adoro cada detalhe que acrescentam ao seu disfarce. As “matrafonas” são uma verdadeira delícia! Mesmo que isso signifique que há um lado feminino, que quer vir ao de cima, este é o momento perfeito para o fazer. Pois como já o disse, “no Carnaval ninguém leva a mal”!

E se os homens necessitam de libertar esta energia feminina!… Durante demasiados anos foram obrigados a omitir as suas emoções, escondendo e ignorando o seu lado feminino de sentir as emoções livremente, de se permitirem ser vulneráveis, de chorar em momentos de dor…. Mais do que libertar esta energia reprimida, sendo a sensitividade emocional mais característica das mulheres, os homens necessitam de integrar o seu lado feminino e voltarem a ser UM, em harmonia com o que são e com o que os rodeia. Nada no mundo é totalmente masculino. Nada no mundo é totalmente feminino. Todos nós temos ambas as energias a correrem dentro de nós, masculino e feminino. Uma gera a outra. Uma nutre a outra. À semelhança das 24 horas que compõem UM dia, uma parte é energia Yin (feminino) e outra parte é energia Yang (masculino). E assim está tudo certo, e tudo é perfeito.

Quando uma dessas energias é por nós ignorada, a outra prevalece gerando desarmonia, dando lugar a uma incessante busca da parte que falta, sob variadas formas.

Então, Homens e Mulheres por esse mundo fora, soltemos aquilo que nos faz falta. Aproveitemos o Carnaval da vida para a libertar sem medos, sem vergonhas, sem julgamentos e que durante o resto do ano haja a capacidade de ser criado o espaço para que essas energias reprimidas, ou ignoradas, sejam compreendidas, aceites e integradas em cada um de nós, sem máscaras, dando lugar a Homens e Mulheres inteiros, completos e sobretudo felizes, muito felizes! Porque acredito que quando este momento chegar, haverá mais paz e harmonia no mundo.

E tu? Qual é o lado em ti que se gosta de soltar e revelar no Carnaval?

Eu, quando era mais nova gostava imenso dos vestidos de espanhola (adorava aquele salero todo das franjas e das castanholas, e dos saltos altos!), depois mais tarde virei-me para o lado palhaço, e até cheguei a confecionar o meu fato nos tempos do secundário. 😃

Agradeço a tua presença e desejo-te um dia de pura alegria,

Teresa

Gratidão pela imagem: Dassel @Pixabay

2 thoughts on “Na máscara do Carnaval

  1. Gostei muito deste post e vou acrescentar uma ideia! Para as pessoas que tem dificuldade em soltar o que está dentro delas aconselho a fazerem um workshop de iniciação ao teatro. Tenho uma profissão que adoro. Sou guia interprete, mas o bichinho do teatro andava comigo desde criança e aos 57 anos estou a descobrir o que é aprender a fazer teatro com profissionais e estou a adorar!
    Não esperem um ano para se mascararem! No teatro isso acontece todos os dias!
    Claro que há personagens que tem mais a ver connosco do que outras, mas o propósito é sair da zona de conforto e quando isso acontece sentimo-nos orgulhosos!

    Liked by 1 person

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s