Equinócio e a magia da Lua Cheia

A semana passada iniciou com o equinócio de Outono (23 Setembro), dando início a mais uma estação de mudança. Presenciamos também uma lua cheia magnifica no dia 25, que por ser a mais perto do equinócio, é chamada de Lua Cheia das Colheitas (Harvest Moon). O Outono é uma época do ano que eu amo em especial, pois ainda está calor (este ano MUUUITO! calor…!) e a natureza veste-se de tons quentes. É uma fase transitória e de recolher ao interior; de colher energias para que o Inverno seja tranquilo. Os dias começam agora a serem mais curtos e as noites mais longas. Mas este é sobretudo um momento em que a natureza explode em tons maravilhosos, em tons de paixão e de criatividade, como que num último arremesso de energia, dizendo-nos que a beleza está presente até nos momentos de fim de ciclo de vida, oferecendo-nos como que uma segunda Primavera; é um fôlego extra que nos acalenta para recebermos mais um Inverno.

A Lua Cheia na tradição agrícola

Na tradição agrícola, esta é a época das colheitas; é uma época que se deseja próspera e em que se celebra a abundância. Nesta altura do ano a lua emite do céu um brilho e uma luminosidade tão especiais, devido ao culminar do sol no seu ponto mais alto face à Terra, que permite que o dia de trabalho nos campos se prolongue por mais um pouco, pois as suas noites são plenas de luz, à semelhança do nascer do dia. Esta fase lunar é assim chamada de Lua Cheia das Colheitas (Harvest Moon).

A Lua Cheia “Harvest Moon”, enquanto ritual africano

Existe uma época no ano em que as energias da Terra e as energias da Lua se unem de forma tão especial e mágica, que o inverter do relógio do envelhecimento se torna possível, e permite que o rejuvenescimento físico e/ou energético aconteça.

Este momento acontece de forma muito especifica e única do ano, na noite da Lua Cheia das Colheitas, dando o nome a este ritual de “Cerimónia do Harvest Moon”. É um ancião ritual de origem africana e conta a história, que na tribo onde ele era celebrado anualmente, as pessoas não envelheciam.

E o que é esta Cerimónia?

Muitos são os que já participaram comigo, nesta cerimónia que me dá um imenso prazer em criar e disponibilizar há já três anos (ena…! 3 anos…o tempo voa mesmo!) e muitos são os que me perguntam o que é e como é. Pois então, este post é para ti, que queres saber que cerimónia, que ritual é este do Harvest Moon, e é também para ti, com imensa gratidão, que já estiveste comigo a desfrutar destas maravilhosas energias de rejuvenescimento.

É com muito, mas mesmo muito entusiasmo que a cada ano crio as energias desta cerimónia, como se fosse a primeira vez. Todos os anos as energias (arquétipos) invocadas (chamadas a participarem) são diferentes, para que também elas próprias sejam renovadas e tragam aos participantes as suas bênçãos especificas. E de ano para ano, sinto que cada vez são mais fortes, mais brilhantes, mais poderosas. Esta última foi mesmo fantástica! Grata a todos os que participaram e grata pelo vosso maravilhoso feedback.

Como já referi, é uma cerimónia de rejuvenescimento cuja origem africana tem sido passada de Mestre para Aluno. Eu recebi-a da minha Mestre Homaya Amar, que por sua vez a recebeu de Starr Fuentes, que a recebeu directamente de uma tribo africana. A ambas manifesto a minha gratidão, por permitirem que estas bênçãos tenham chegado até hoje, para que melhor possamos usufruir da beleza da vida com leveza e espírito jovem.

É uma cerimónia realizada ao ar livre, em torno de uma fogueira, onde após a invocação da Lua, das energias das direcções (pontos cardeais) e dos arquétipos escolhidos, se realiza uma espécie de dança num movimento contrário aos ponteiros do relógio, tocando suavemente locais específicos do corpo, para estimular as várias glândulas aí localizadas, e dizendo um mantra especial que abre “as portas” para que o rejuvenescimento aconteça.

Cada participante é convidado a participar nas invocações das energias, e a trazer também um objecto pessoal que é energizado com as energias da cerimónia, e que no final leva consigo, ajudando a que a energia deste rejuvenescimento perdure ao longo do ano.

Colheita é também momento de celebrar

E como se trata de um ritual de colheita e de abundância, no final e como uma cereja no topo do bolo, temos uma bebida natural e isenta de álcool, preparada à semelhança de uma sangria sob a etiqueta “magic kitchen”. É uma “poção mágica” que ajuda na integração das energias, de uma forma fácil, suave e duradoura. Este é também um momento de partilha, de divertimento, de relax. Um momento de festa!

E este ano foi…

Sob o tema dos “12 tons de Rosa e mais”, os arquétipos escolhidos para as energias que foram invocadas, com inspiração nas cores da Linguagem de Luz. O rosa nos seus mais variados tons, é uma cor que permite manifestar amor, ternura, paixão, compaixão, calma, tranquilidade e associado ao “e mais”, foram escolhidas outras cores com as vibrações de beleza interior, vitalidade e alinhamento. Ou seja, foi criada uma cornucópia de abundância em energias maravilhosas para manifestarmos e reavivarmos nas nossas vidas!

Este ano fiquei de coração e alma a transbordar, pois foi das mais vibrantes cerimónias que facilitei e guiei. Desde sentimentos de alegria imensa, a tranquilidade/paz sem igual, a “um bem estar como nunca na vida”, foram expressões referidas pelos participantes. E tudo isto de forma natural, espontânea e sem necessidade de recorrer a estimulantes externos ou químicos. Não é maravilhoso?

Diz-me lá se não ficaste com vontade de participar na próxima vez?

Só mais um apontamento…. esta é a quinta vez que participo nesta cerimónia e posso dizer, que de ano para ano sinto-me mais rejuvenescida de dentro para fora. Não é só uma questão de corpo, mas sobretudo de mente e de espírito. Uma das melhores provas deste rejuvenescimento, é o facto de ter tido uma filha aos 44 anos, após ter sido diagnosticada com uma situação que me impedia de engravidar. A vida é fantástica!!!

Agradeço a tua presença, desejando-te um Outono pleno de abundância.

Teresa

Gratidão pela imagem: @gabor_veres

3 thoughts on “Equinócio e a magia da Lua Cheia

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s