Sabedoria nas tuas mãos

Já olhaste bem para as tuas mãos? Já reparaste como são belas e quanta sabedoria elas possuem e transmitem?

Nas tuas mãos tens muito de ti representado, e olha que não estou a falar de quiromancia (leitura das mãos). Elas mostram como te sentes. Mostram até, para quem está mais atento, aquilo que não está bem em ti. Já viste como elas se encolhem quando estás desconfortável com algo, ou noutras situações de alguma timidez a tendência que tens em esconde-las; ou por outro lado, quando estás mais à vontade e entusiasmad@ elas se movimentam de forma mais ligeira, como se dançassem?

As tuas mãos com a sua maravilhosa sabedoria, permitem-te conheceres-te melhor e desenvolveres aquilo com o qual não estás mais à vontade, ou que desejas que se manifeste na tua vida de uma forma mais concreta. Como assim? Anda daí e vem descobrir a sabedoria que as tuas mãos contêm.

Nas tuas mãos existem 5 dedos: polegar, indicador, médio, anelar e mindinho. E caso tenhas tido o contratempo de teres perdido algum dedo, ou parte dele, a sua energia mantém-se lá na mesma.

Na medicina chinesa, há vários meridianos que passam nas nossas mãos, meridianos esses que quando estimulados (por agulhas na acupunctura, ou massagem – entre outros) servem para regular a energia dos órgãos aí representados. Assim sendo, no dedo polegar temos o Pulmão (P), no indicador temos o Intestino Grosso (GI), no médio temos o Mestre do Coração (MC – que é como uma protecção do coração), no anelar temos o Triplo Aquecedor (TR – que é um “sistema energético” contido no nosso estômago) e no mindinho temos dois, o Coração (C) e o Intestino Delgado (IG).

Segundo a Linhagem Xamânica dos Curanderos de Vera Cruz (México), nas nossas mãos os dedos têm representados a energia do nosso ser em termos de comportamentos/atitudes. O polegar sendo o dedo capaz de realizar mais variados tipos de movimentos, representa a Flexibilidade, o indicador é aquele que apontamos quando queremos indicar algo, representa a Direcção, o dedo médio, sendo aquele que espetamos quando queremos mandar alguém à… “fava”, representa a Rebeldia, o dedo anelar que recebe a aliança no dia do casamento, representa o Compromisso, e o mindinho sendo o mais pequenino deles todos, representa os Detalhes.

Quando algo na nossa vida precisa que lhe dediquemos mais atenção, é vulgar aparecerem pequenas mazelas nos dedos das mãos (por vezes também nos pés), seja em forma de dores articulares, deformações estruturais, quistos, cortes, etc. O nosso corpo energético é tão sábio, que arranja forma de nos enviar mensagem para o entendermos melhor e lhe darmos ouvidos. O pior é que nem sempre temos “tradutor”… 🙂

Juntamos agora os dois conhecimentos(medicina chinesa e curas xamânicas) e vamos entender melhor do que se trata, esta sabedoria nas mãos.

No polegar temos o Pulmão. Com os pulmões recebemos o ar para vivermos, para recuperarmos fôlego, para nos regenerarmos, num constante movimento inato de entrada e saída de ar.  Juntamente com a flexibilidade podemos trabalhar e desenvolver, a nossa dificuldade em nos movermos perante algo. Por exemplo, já reparaste quando algo te incomoda, te faz sentir medo, ou te irrita, que tens tendência para adoptar uma postura mais rígida e contraída, como que em estado de alerta? E se olhares um pouco mais atent@, vais talvez perceber que a tua respiração como que se conteve, ou que se tornou mais superficial e menos fluída.

No dedo indicador está o Intestino Grosso e a Direcção. Para que consigamos ver melhor o nosso caminho e compreender qual a melhor direcção a tomar, temos de aprender a retirar aquelas situações da nossa vida que nos “turvam a visão”, ocupando o pensamento com aquilo que já passou. Num processo digestivo normal, comemos, assimilamos, digerimos e eliminamos. Se só assimilarmos e guardarmos tudo, o que é bom e o que não é, acabamos com uma enorme dor de barriga e uma obstipação. Assim é na nossa vida com as situações, emoções, memórias, relacionamentos etc. Se ficarmos só com o que nos é util, o caminho torna-se mais leve.

No dedo médio temos o Mestre do Coração e a Rebeldia. Deves estar a perguntar e agora, o que tem a ver uma coisa com a outra? Quando uma pessoa tem uma atitude regularmente rebelde, tem tendência a se manifestar de forma exacerbada, e muitas vezes para se exprimir de forma exuberante “espeta” este dedo como um complemento da expressão “quero lá saber o que estás para aí a dizer”, “vai mas é para…”. A rebeldia esconde na maioria das vezes uma sensibilidade enorme e nesses casos, a pessoa em questão está tão desconfortável com a sua sensibilidade, que age no sentido oposto, partindo para a rebeldia, para agressividade, como forma de auto-protecção. É uma forma de esconder um lado que considera frágil e não quer mostrar. A rebeldia é então usada como máscara, ou protecção para que o coração não sofra.

No dedo anelar, temos o Triplo Aquecedor (TR) e o Compromisso. Quando o triplo aquecedor funciona bem, aquilo que comemos é recebido, assimilado e distribuído no estômago, sendo este “órgão/sistema energético” (TR) responsável por receber e dar a todos os órgãos uma correta gestão, criação e distribuição de fluidos e energia. Para que isto tudo funcione bem, é preciso que haja uma grande harmonia entre todos. O mesmo se passa com os compromissos que assumimos na vida. Tem de haver uma forte e harmoniosa ligação entre nós e aquilo que assumimos, sem que nenhuma das partes se sobreponha à outra, ou fique lesada, causando excessos ou défices, havendo assim uma troca constante e equilibrada de energias, com dedicação e empenho num propósito  e objectivo comum.

Para terminar, temos o dedo mindinho com o Coração e os Detalhes. E é isso mesmo. Onde colocamos o nosso coração, com a sua forma mais pura e original, cuidamos e olhamos para tudo aquilo que é mínimo com especial atenção. É como quando cuidamos de todos aqueles pequenos pormenores para que façam a diferença, para que algo se torne especial. É aí que está a grande diferença, entre algo vulgar e algo grandioso. Assim é com a forma como amamos. Como NOS amamos. Como amamos o que nos rodeia e em todos os pequenos gestos e acções que fazemos.

Quando quiseres despertar ou curar algo em ti relacionado com algum destes tópicos referidos neste Post, experimenta uma destas sugestões:

Massagem – Massajando suavemente o dedo pretendido com pequenos movimentos ascendentes e descendentes, no sentido do dedo e fazendo pequenas pressões. É uma forma de estimular a energia pertencente ao dedo que está a ser massajado. No caso de existir dor, faz de forma suave até que a dor comece a diminuir, ou desapareça. Podes usar uma gota de óleo essencial de lavanda na massagem, pois é calmante.

Anéis – Desde a antiguidade que os anéis são usados não só como símbolos de adorno, mas também como símbolos de poder, ou protecção. Tu também podes usá-los com uma intenção especifica. Experimenta usar um anel no dedo anelar colocando a intenção de aumentares o teu compromisso com algo que queiras aprofundar na tua vida. Ou então, caso queiras incrementar a forma como lidas com determinados detalhes na tua vida, de forma amorosa, experimenta usar um anel (colocando a intenção apropriada) no dedo mindinho. Seja qual for o dedo em que irás usar o anel, este deverá ser um anel especial, escolhido delicadamente para o efeito que pretendes obter.

Experimenta agora olhar para as tuas mãos com os olhos do coração. Vê como são maravilhosas. Acredito que de agora em diante vais começar a olhar para ti de forma diferente, mais atenta, mais consciente, mais amorosa.

Desejo-te um dia maravilhoso.

Grata pela tua leitura.

Teresa

Gratidão pela imagem: @blancotejedor

2 thoughts on “Sabedoria nas tuas mãos

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s