Dar-te espaço

Dar-te espaço. O que é isto de dar-te, ou dar-me espaço?

Todos nós vivemos super atarefados nos dias que correm. Já lá vai o tempo em que tínhamos tempo para fazer mil e uma coisas e ainda sobrava tempo para não fazer nada. Era tão bom… O que terá acontecido? O que mudou? Tanta coisa…! O dia continua a ter 24 horas e pelos vistos não chega. Verdade?

Hoje em dia temos inúmeras situações que exigem e nos desviam a atenção, fazendo-nos estar ocupados numa variante sem fim, muito para além daquilo que faz parte da estrutura base nas nossas vidas. Sem dar muitos exemplos aponto só a televisão e a internet. Ai a internet…. Quantas vezes te sentaste só para pesquisar algo e esse algo levou-te não sei onde, que te levou ainda a um outro site muito interessante, que te mostrou um link fantástico para não sei o quê, e aquela pesquisa que até era uma coisa rápida, consumiu-te horas sem tu dares conta? Comigo já aconteceu!

Por mais que corras, por mais que sejas exími@ na arte de fazer tudo de forma muito organizada a executar e completar uma série de tarefas, o tempo é sempre um factor que nunca está em crédito, o que resulta muitas vezes numa sensação de cansaço e desgaste no final do dia, ou da semana. O que pode então ser feito, uma vez que há tarefas que não podem ficar para trás? A resposta que parece surgir em primeira mão é a de criar tempo. Algo do género como já ouvi dizer “o dia devia ter 48 horas!”, podia ajudar. Arranjar uma fórmula mágica de criar mais tempo nas nossas vidas, é uma excelente ideia. Mas como? Isso parece impossível, deves estar tu a pensar.

Não! Não é de todo. Basta tu quereres. Basta simplesmente teres noção dos teus limites e acima de tudo teres noção daquilo que te abstrai ou que te retira o foco do que realmente é importante. A isso chama-se estar presente de forma consciente.

Começamos por elaborar uma lista daquilo que é mais importante fazer. Daquilo que não pode falhar o prazo e colocar muito claramente os itens por ordem de importância. Até aqui tudo bem, nada de novo. Agora olha para ti e observa-te. Vê como te sentes. Sente-te. Aprende a sentir-te, a escutar-te. Quantas vezes já te sentiste cansad@ e apesar disso (e por teres uma lista de afazeres enorme) recorreste a mais uma chávena de café (ou a outro estimulante do género), para que conseguisses ganhar pedalada para continuares a fazer e completar as tarefas da tua lista? E muito provavelmente no fim, reparaste que houve coisas que não ficaram tão bem feitas como gostarias, ou que fizeste algo com erros que nem parece teu. Isto acontece quando o cansaço é muito e a nossa atenção e percepção de qualidade baixa de grau. Pois é… Aprender a sentires-te é mesmo muito importante! A respeitares-te, é ainda mais.

Da próxima vez que te sentires cansad@, experimenta parar nem que seja por 10 minutos. Se 10 minutos parecerem uma eternidade, OK experimenta 5. Sê gentil contigo própri@. Vai até à janela, ou vai mesmo até à rua. Apanha um pouco de ar. Bebe água. Come uma fruta ou algo ligeiro e semelhante. E respira! Respira ar puro e deixa-te renovar em cada inspiração que fizeres. Aproveita para contemplares aquilo que te rodeia e reparares na sua beleza. Quanto mais contemplamos com amor aquilo que nos rodeia, mais capacidade ganhamos de apreciar a sua beleza. E assim também atraímos abundância de coisas belas na nossa vida.

A magia acontece no momento em que paras. Em que crias tempo e te permites oferecer tempo a ti própri@, mesmo que seja só para respirar, beber água e apreciar a beleza do que te rodeia. Não vale aproveitar a pausa para continuares a pensar nos teus problemas e na infinidade de coisas que tens de fazer. Não! Isso é batota! Esvazia a tua cabeça e faz uma pausa verdadeira e consciente. Uma pausa em que limpas a tua mente e te regeneras. Isso sim, é uma pausa! Quando voltares para a tua lista de afazeres, vais ver que tudo se desenrola com mais facilidade, clareza e rapidez.

Agora, se fores audacios@ convido-te num próximo passo a aumentares gradualmente o teu momento de pausa. Que te parece 30 minutos? Trinta minutos é o tempo certo para que haja uma regeneração em grande. Podes caminhar, podes dormir uma sesta (neste caso coloca um despertador!), o que quer que faças, tudo é válido na medida em que estes 30 minutos são unicamente para te abstraíres daquilo que te retira energia e servem para estares contigo própri@, em paz e te nutrires. De início pode parecer demasiado tempo, mas algo de muito especial acontece quando te concedes esta dádiva. No final do dia, ficarás com a sensação de que aconteceu algo de mágico e que conseguiste realizar tudo dentro dos prazos estabelecidos e até com a sensação de “uma perna às costas”.

Em tempos ouvi de uma mestre uma frase muito importante e plena de sabedoria:

“Quando nos damos tempo para parar, ou quando nos damos tempo para ajudar alguém que necessita de ajuda, o universo retribui-nos com ainda mais tempo para usufruirmos naquilo que mais necessitamos.”

E assim é. Experimenta! Aguardo pelos teus comentários sobre os resultados de te dares tempo.

Desejo-te um dia maravilhoso e agradeço a tua leitura.

Até breve!

Teresa

Imagem: @teresasalgueiro70

2 thoughts on “Dar-te espaço

  1. Já há semanas ou melhor meses que ando num ritmo de trabalho frenético! Estando a terminar uma das maratonas deste ano como guia intérprete, decidi fazer uma sesta. Mesmo antes de ler o teu texto já andava com vontade de ” passar pelas brasas”.
    Pois consegui desligar do mundo e refastelada no meu sofá sinto-me revigorada para o resto do dia de trabalho. Obrigada pelo teu texto que me ajudou a não adiar o que queria fazer.

    Liked by 1 person

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s