Gerar “ondas”

Um dia estava eu a conduzir estrada fora e dei por mim a imaginar, que não era eu a Teresa, um corpo cheio de sistemas, órgãos, células e afins, mas naquele momento era eu própria uma enorme célula. Ou melhor, um minúsculo ser com vida dentro de um carro, tal e qual um glóbulo vermelho a circular numa artéria de um corpo de um outro ser maior, também com órgãos, sistemas, etc. Consegues imaginar?

Imaginemos então, que todos estes carros que circulam diariamente nas estradas, são vários glóbulos vermelhos que circulam em veias e artérias de um corpo. O que aconteceria se um desses carros se distraísse, ou decidisse ter uma atitude diferente da que está prevista? Acidente, certo? E o que acontece nos acidentes? As estradas “entopem” porque existe algo a bloquear o livre trânsito automóvel. Se nos afastarmos um pouco mais, como se afastássemos uma lupa que vê toda esta situação, conseguiremos observar que vão haver pessoas que irão chegar atrasadas aos seus destinos, afectando deste modo outras vidas. Poderemos também observar alguém que se enerva e irrita por ter estado “preso” naquela situação, e começa a ter uma atitude e condução desrespeitosa, gerando mais caos ao seu redor.

Enfim, uma coisa assim mais ou menos como um ataque cardíaco visto à lupa. Já imaginaste uma cena assim? Um pouco esquisito, não…?

Mas se olharmos para as nossas vidas, para as nossas acções e comportamentos, esta visão não é assim tão estranha. É bem real.

Não seria tudo muito mais fácil se tivéssemos todos mais consciência das ondas geradas pelas nossas atitudes?

Quando me refiro às ondas geradas pelas atitudes de cada um, imagino um lago tranquilo, onde alguém atira uma pequena pedrinha. O que acontece? A pedrinha, por mais minúscula que seja, vai cair num determinado ponto e vai gerar pequenos círculos, pequenas ondas que se vão espalhando, mais e mais. O mesmo acontece com aquilo que dizemos ou fazemos. A “onda” vai-se espalhando.

E se alguém se lembrar de dizer uma coisa horrível, um boato por exemplo? Já imaginaste? Uiii…! Pois é!

Mas se alguém começar a ter uma atitude positiva, a oferecer, por exemplo um sorriso a todos os que se cruzarem com ela, de certo que esse sorriso se irá espalhar, mais e mais e outros sorrisos se irão cruzar com outros, gerando muitos mais.

O mesmo se passa com palavras de carinho e estimulo positivo. Espalham-se! Mais e mais!

E caso estejas aí a pensar, ah sim, eu até posso sorrir, mas depois não me devolvem o sorriso, ou vão pensar que me “passei dos carretos”…, andar para aí a sorrir à toa… Deixa-te disso! As pessoas até podem não sorrir ao principio, mas com o tempo chegam lá.

Eu tenho um vizinho, um pouco “trombudo” (peço perdão pela expressão), e cada vez que passo por ele na rua (não são muitas, é verdade), sorrio. O senhor nunca sorri de volta. Um dia, avistei o senhor na rua e pensei, hoje não lhe vou sorrir, ele nunca me sorri… Nesse dia, o senhor foi o primeiro a sorrir! Fiquei tão contente com o resultado! E desde aí, o senhor sorri mais quando me vê. Mas há dias em que não sorri… enfim. É com ele.

E o que acontece quando chegamos a algum lugar e quem nos atende recebe-nos com má cara e palavras pouco delicadas? O mais fácil e certo é entrarmos na “onda” e sermos menos correctos também.

Não é tão melhor chegarmos a um local e sermos bem acolhidos com um sorriso e uma atitude positiva? Mesmo que seja por pessoas que não conhecemos de lado nenhum.

E quem diz sorrisos, diz muito mais coisas, pois o nosso dia está cheio de ações e interações com pessoas, animais, ambientes.

Como fazes no teu dia-a-dia? Como é a “onda” que geras à tua volta? Aguardo a tua partilha nos comentários abaixo.

Agradeço a tua leitura.

Até breve!

Teresa

Gratidão pela imagem: @lucassilvapinheirosantos

2 thoughts on “Gerar “ondas”

As tuas palavras são bem-vindas. Deixa um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s